Administração de Recursos Humanos em Projetos de Desenvolvimento de Softwares

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Este artigo trás conceitos básicos sobre a Administração de Recursos Humanos em Projetos de Desenvolvimento de Softwares, pois sabemos que vários projetos fracassam porque a gerência de recursos humanos não recebe a devida atenção.

Administração de Recursos Humanos em Projetos de Desenvolvimento de Softwares


Este artigo fala sobre a Administração de Recursos Humanos em Projetos de Desenvolvimento de Softwares, pois sabemos que vários projetos fracassam porque a gerência de recursos humanos não recebe a devida atenção.

 

Início

         Sabe-se que a aplicação das técnicas de gestão de projetos é importante, mas não suficiente para se obter sucesso em um projeto, pois, se o gerente de projeto não souber lidar com pessoas o projeto estará caminhando rumo ao fracasso. Ele deverá montar a equipe para o projeto encaixando cada peça em seu respectivo lugar e detectando onde e como cada membro da equipe poderá contribuir com o máximo de suas qualidades.

         Para motivar os membros da equipe, o gerente de projeto deve conhecer as necessidades individuais de cada indivíduo e torná-las metas de realizações da equipe, é importante ainda, evitar que os desejos “egoístas” de cada indivíduo atrapalhem o esforço da equipe como um todo. No entanto, a melhor maneira de manter o projeto sobre controle é ter cada membro da equipe no controle do seu próprio trabalho, ou seja, o gerente do projeto só poderá alcançar o controle macro, se tiver sucesso em todas as etapas do nível micro. Isto significa que o próprio gerente deverá criar condições para que cada pessoa da equipe amadureça e evolua de acordo com seu próprio esforço.

 

A equipe

         Partindo do princípio que as pessoas querem fazer as coisas de acordo com a forma que o gerente de projeto pede, é necessário compreender o estágio de desenvolvimento de cada membro da equipe. Uma equipe pode ser classificada como realmente eficaz se existe um bom relacionamento interpessoal, comunicação, delegação, flexibilidade e reconhecimento de esforços por todas as partes.

Deve ficar claro para todos os membros da equipe quem é o responsável por qual tarefa, até quando esta tarefa deverá ser finalizada e quem irá fazer os testes para garantir uma implementação de qualidade.

 

Ciclo de vida de uma equipe

         Quando uma equipe é montada, ela passa por vários estágios, até poder ser efetivamente considerada como uma equipe eficaz. Abaixo seguem alguns estágios que fazem parte do clico de vida de uma equipe.

  1. Formação: Como o gerente de projeto pode saber as qualidades de cada membro? Qual deve ser o tamanho da equipe? A participação é voluntária ou obrigatória? Como obter recursos para manter a equipe? Etc.
  2. Amadurecimento: O que se espera da equipe? Se houver dificuldades, onde recorrer? Quem está no comando? Como chegar às decisões? Como aumentar a capacidade de produção? Etc.

 

Estilos de liderança

         Sabe-se que para cada estágio de desenvolvimento deve ser utilizado um estilo de liderança diferente. Este estilo é escolhido com base nas funções de tarefa e de manutenção, onde, funções de tarefa são comportamentos enfocados na realização do trabalho e as funções de manutenção do grupo estão focadas no desenvolvimento e na constante harmonia entre os membros.

        

Desenvolvendo Competência e Responsabilidade

         Dizer claramente o que se espera que um membro da equipe faça, mostrar como fazer através de exemplos, quando o risco não for alto, deixar que as pessoas tentem, observar o desempenho e elogiar o progresso obtido são uns dos principais recursos para desenvolver a competência e a responsabilidade dos membros da equipe.

 

Conclusão

         O sucesso da equipe está diretamente associado à forma como ela é gerenciada. O gerente deve estar atento a cada indivíduo do seu time e ajustar o seu estilo de liderança ao estágio de desenvolvimento de cada um: orientação, insatisfação, resolução e produção.

         O gerente de projeto poderá desenvolver a competência e a responsabilidade das pessoas deixando claras as regras do jogo, sobre como as pessoas serão gerenciadas. O ideal é que haja um acordo entre os membros da equipe e o gerente para identificar os níveis de desenvolvimento de cada um e o que falta para as pessoas evoluírem.

         Outro fator importante para aumentar a produtividade dos membros da equipe é a definição clara de objetivos. Estes devem ser singulares, mensuráveis, atingíveis e principalmente relevantes.

         Finalmente, os gerentes de projetos devem conhecer as técnicas de elogio e repreensão, de modo que possam utilizá-las para aumentar o comprometimento dos membros da equipe, pois, é claro que tais membros se comprometem mais quando suas necessidades pessoas estão sendo atendidas. O papel do gerente é tentar ajudar cada um individualmente a alcançar suas metas pessoais enquanto atingem as metas da equipe. O gerente deve conhecer as agendas ocultas de cada integrante da equipe, e caso alguma meta pessoal se choque com alguma meta da equipe, quando uma conciliação não for possível, o ideal é transferir o integrante para outro time.


 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?