Aplicação prática do PMBOK em Gerenciamento de projetos – Parte 1 - Revista .net Magazine 104

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (6)  (0)

Este artigo demonstra na prática a aplicação de alguns dos conceitos de gerenciamento de um projeto com base no Guia PMBOK. Criaremos um pequeno cenário para simular a criação de um novo projeto fazendo uso das principais práticas do guia.


Aplicação prática do PMBOK em Gerenciamento de projetos
Gerência de projetos é a aplicação de conhecimentos, ferramentas, habilidades e técnicas nas atividades do projeto com intuito de alcançar os seus objetivos. Para gerenciar um projeto, o Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI – Project Management Institute) desenvolveu o Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). Nas últimas edições nós tivemos uma abordagem teórica sobre as principais características dos grupos de processo do PMBOK. Este artigo é a primeira parte de uma série que visa demonstrar na prática a aplicação de alguns dos conceitos de gerenciamento de um projeto com base no Guia PMBOK. Ao longo desta série criaremos um pequeno cenário onde simularemos a criação de um novo projeto fazendo uso das principais práticas do PMBOK. De acordo com simulação da evolução da fase do projeto, criaremos os artefatos necessários para tais fases.


Em que situação o tema é útil

Este artigo é útil a todos que têm o interesse em gerenciar melhor seus projetos através de um melhor acompanhamento do mesmo, pois com este artigo o leitor conhecerá alguns dos principais artefatos do PMBOK através da simulação de um cenário real onde faremos todo o acompanhamento do projeto desde a fase de iniciação até a fase de encerramento do mesmo.

O Gerenciamento de Projetos (GP) indica que aplicar as práticas adequadas é um fator determinante de sucesso para o projeto.

Para gerenciar projetos, o Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI – Project Management Institute) desenvolveu o Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). Como referência básica, o Guia PMBOK não é completo, é mais um guia do que metodologia e em seu uso é possível aplicar metodologias e ferramentas distintas para implementar a estrutura do projeto. Não necessariamente todas as práticas são utilizadas nos projetos, mas sim aquelas que mais se adéquam às características do projeto que está sendo desenvolvido.

No PMBOK temos as normas reconhecidas para a profissão de Gerenciamento de Projetos assim como os métodos, processos e práticas estabelecidas para um projeto. Além disso, no guia, o gerenciamento é realizado através da aplicação e integração dos quarenta e dois processos agrupados em cinco grupos, como:

· Iniciação: Este grupo contempla os processos realizados para a definição de um novo projeto ou para uma nova fase de um projeto já existente.

· Planejamento: Este grupo contempla os processos para definição do o escopo, refinamento dos objetivos e desenvolvimento do plano necessário para atingir os objetivos do projeto;

· Execução: Este grupo contempla os processos inerentes á execução do trabalho previsto no plano de gerenciamento do projeto;

· Monitoramento e controle: Este grupo contempla os processos necessários para realização do acompanhamento, revisão e regulação do progresso e do desempenho do projeto;

· Encerramento: Este grupo contempla os processos inerentes à finalização das atividades dos demais grupos de processo.

Para aumentar as chances de sucesso de um projeto, a equipe precisa ficar atenta a algumas atividades, como por exemplo:

· Escolher os processos adequados necessários para atingir os objetivos do projeto;

· Utilizar uma abordagem definida que possa ser adotada para atender aos requisitos solicitados;

· Cumprir os requisitos para atender às necessidades e expectativas dos interessados no projeto;

· Obter um equilíbrio entre as demandas concorrentes de escopo, tempo, custo, qualidade, recursos e riscos, para gerar o produto, o serviço ou o resultado esperado no projeto.

Para simular o gerenciamento de um projeto com o PMBOK, vamos simular um cenário de projeto com algumas características. Neste cenário temos a empresa fictícia Software Production que está reorganizando seus processos e tem um projeto a ser desenvolvido. A empresa necessita desenvolver um software para Recursos Humanos.

Iniciando o projeto

Para criar um projeto com base no PMBOK é preciso iniciar com o grupo de processo Iniciação, sendo que este contem os processos Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto e Identificar as partes interessadas.

O Termo de abertura é um documento formal que autoriza o início do projeto, onde temos descrito os seguintes dados:

1. Informações: Informações gerais sobre o documento como versão, autor, revisor etc;

2. Designação: Designa uma pessoa como gerente do projeto;

3. Responsabilidades: Descreve as responsabilidades do gerente diante do projeto;

4. Autoridade: Descreve a autoridade do gerente do projeto perante o projeto indicando a autonomia que o mesmo terá;

5. Escopo: Descreve resumidamente o que se espera do projeto, quanto ao seu objetivo, metas e restrições;

6. Riscos: Identifica e avalia, preliminarmente, os riscos e possíveis impactos que estes podem trazer para o projeto;

7. Prazo: Fornece os prazos em dias e a data final esperada do projeto;

8. Investimento:"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?