DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login

Arquitetura do SQL Server

Veja neste artigo informações básicas e algumas bem especificas sobre a arquitetura do SQL Server, dentre os assuntos abordados podemos citar: instâncias do SQL Server e banco de dados do sistema.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

Instâncias do SQL Server

O que é uma instância?

Instância é uma instalação de um serviço ou um mecanismo do banco de dados SQL Server, podemos ter até cinquenta instâncias diferentes no mesmo computador, atuando de forma independente uma da outra, sendo que apenas pode existir uma instância padrão, outra informação importante e até obvia, é que se existir mais de uma instância instalada, os recursos de hardware serão compartilhados entre as mesmas.

Se for de sua preferencia, pode-se instalar uma instância padrão e outras nomeadas, isso é determinado na hora da instalação, depois de feito não é possível alterar.

Componentes do SQL Server que suportam o recurso de instância

  • Database Engine
  • Analisys Services
  • Reporting Services

Componentes que não suportam o recurso de instância

  • Integration Services
  • Books Online
  • Ferramentas de Gerenciamento

Instâncias: padrão e nomeada

Instância padrão: ela é padrão quando os componentes do SQL Server não possuem nome associado. Para se conectar basta fornecer o nome do computador ou endereço IP. Exemplo: “SRV01” ou “192.168.0.1”

Instância nomeada: ela é nomeada quando os componentes do SQL Server possuem um nome associado. Para se conectar tem que informar o nome do computador ou o IP mais o nome da instância. Exemplo: “SRV02\SQLSERVER” ou “192.168.0.1\SQLSERVER”.

Banco de dados do sistema

Quando você instala o SQL Server, o programa de instalação cria vários banco de dados do sistema que armazenam dados do sistema e servem para finalidades internas. Como pode ser visto assim que você se conecta no Management Studio, na aba OBJECT EXPLORER, os banco de dados já prontos: Master, Resource, model, tempdb, msdb.

Vou tentar exemplificar para quer serve cada banco de dados do sistema no SQL Server.

master: Como o próprio nome já diz, é o banco de dados “mestre” ou seja, nele é armazenado informações de metadados de toda a instância, configuração do servidor, informações sobre todos os bancos da instância e informações de inicialização, muito cuidado com este banco, é sempre bom ter uma copia deste banco guardada.

Resource: Esse banco é apenas de leitura, ele foi adicionado desde o SQL Server 2005 e armazena objetos do sistema.

model: Ele é um modelo para todos os bancos de dados que serão criados, é como se a cada banco criado fosse uma copia do banco model.

tempdb: é onde é armazenado dados temporários, ex: tabelas temporárias.

msdb: é o banco onde fica um serviço chamado de SQL Agent e onde são armazenados seus dados, o SQL Agent é o responsável pela automação de alguns serviços.

Com essas informações finalizo mais um artigo, com informações básicas e diretas, e que de alguma forma possa estar ajudando vocês.

Um abraço e até o próximo artigo.



Formado em Analise e Dsenvolvimento de Sistemas pela Estacio-FIC, possui certificação Microsoft Technology Associate (MTA) em banco de dados.

O que você achou deste post?
Conhece a assinatura MVP?
Publicidade
Serviços

Mais posts