Artigo Clube Delphi 60 - Migrando para Delphi for .NET

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista Clube Delphi Edição 60.

Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi Edição 60. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

imagem_pdf.jpg

Migrando para Delphi for .NET

Parte I – Estratégias, cuidados, aspectos técnicos e gerenciais

O lançamento do Delphi 8 marca o início de uma nova era para os desenvolvedores. Todos fomos habilitados a entrar na nova plataforma de desenvolvimento disponibilizada pela Microsoft, o .NET. Com isso, uma grande variedade de dúvidas e conceitos invadiu nossas cabeças, deixando muita gente confusa. Eu diria que a fase “o que é isso?” já passou em relação ao .NET. A Microsoft fez um pesado trabalho de divulgação e obteve excelentes resultados. O .NET vem se consolidando rapidamente e sua adoção está ocorrendo de forma assustadoramente rápida. Nesse momento, uma infinidade de empresas em todo o mundo está se perguntado sobre qual motivo migrar para .NET, qual seria um momento adequado de fazê-lo e como seria esse processo.

Este artigo tem por objetivo discutir o processo de migração e avaliar estratégias graduais e responsáveis, baseadas no perfil da empresa e suas soluções. Veremos que muitas vezes o processo pode ser simples, já em outras, complexo e até inviável. No momento das dificuldades é que entrarão em cena os poderosos recursos de interoperabilidade do .NET, permitindo-nos conviver com determinados trechos de código no Win32, de forma praticamente transparente para as aplicações .NET.

Talvez a pergunta mais fácil de responder seja justamente o porquê migrar. Eu diria simplesmente: “esse é o futuro”. Para os programadores Win32, o .NET representa uma evolução natural, tal qual foi a saída dos 16 bits. Obviamente o .NET traz uma bagagem de mudanças muito maior e melhor. Está sendo disponibilizada uma tecnologia nova e muito mais moderna, da qual podemos extrair uma infinidade de recursos para as aplicações. Podemos desenvolver melhores aplicativos de forma mais rápida, sendo uma das mais importantes vertentes do .NET, justamente a produtividade.

Quando falamos de migração, muita gente por aí “treme de medo” e receio, por julgar algo absurdo, simplesmente pegar tudo o que têm hoje e converter para código gerenciado, compatível com .NET. Elas têm razão e de fato, fazer isso, salvo em alguns poucos cenários, é um absurdo. Contudo, tanto quanto absurdo é pensar que um processo de migração só possa ser realizado dessa forma."

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?