Artigo Clube Delphi 62 - MySQL e PostgreSQLs

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Artigo da Revista Clube Delphi Edição 62 - MySQL e PostgreSQLs

Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi Edição 62. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Atenção: por essa edição ser muito antiga não há arquivo pdf para download desta revista. os artigos disponíveis somente em doc.

 

MySQL e PostgreSQLs

Instalação, configuração, gerenciamento e acesso com o Delphi aos maiores bancos open source do mercado.

 

Neste artigo conheceremos dois dos maiores bancos de dados utilizados no mercado, o MySQLe o PostgreSQL.

Veremos como fazer a instalação, configuração, gerenciamento e como conectar a esses bancos usando o Delphi. Tanto o MySQL como o PostgreSQL são bancos de dados open source (no caso do MySQL, isso vai depender da versão do servidor).

Neste artigo utilizamos as últimas versões disponíveis para download do MySQLe PostgreSQL:MySQL4.1 e PostgreSQL 8.0, ambos para plataforma Windows. Na seção Unks temos todos os endereços referentes ao download dos bancos, ferramentas,drivers, documentação e utilitários citados neste artigo.

 

MySQL

O MySQL, da empresa MySQL AB (veja quadro), é um dos bancos de dados mais populares do mercado, possuindo versões para os principais sistemas operacionais, como Linux,Windows, Solaris, FreeBSD, Mac etc. Possui duas formas de licenciamento, comercial e open source (GPL).

Você pode usar o MySQL gratuitamente desde que sua aplicação não infrinja nenhuma cláusula do licenciamento GPL, caso contrário, você terá que adquirir a licença comercial do produto.

 

Instalação

A instalação do MySQL para a plataforma Windows é bastante simples. Existem três pacotes diferentes de instalação:

 

.Windows Essentials: possui apenas os arquivos binários do servidor MySQL e as ferramentas de linha de comando, trazendo os componentes essenciais para rodar o MySQL em uma máquina com Windows;

 

.Windows: contém todos os arquivos binários com o assistente de instalação do servidor MysQL;

 

.Without installer: contém todos os arquivos binários do MySQL, sem instalador. A instalação deve ser feita manualmente, o que basicamente consiste em descompactar os arquivos para um diretório.

 

MySQL AB

É a empresa desenvolvedora e proprietária do MySQL, como também das ferramentas de administração do banco: MySQL Administrator e MySQL Query Browser. Foi fundada nos anos 80, na Suécia, pelos suecos David Axmark, Allan Larsson e Michael Widenius.

 

Neste artigo usaremos o pacote chamado Windows Essentials (x86). Basta baixar o arquivo mais recente e executá-lo. Toda a instalação do produto é feita através de um assistente. Escolha a opção Typical e dique em Install. No final marque a opção Configure the MySQL Server now para que o assistente o auxilie na configuração do servidor.

Na tela de seleção do tipo de configuração, escolha a opção Detailed Configuration para que você possa apontar todos os passos detalhadamente. Aqui podemos indicar como o servidor irá rodar (ambiente de desenvolvimento, servidor tradicional ou servidor dedicado) e informar detalhes sobre a instância, como suporte a transações, número médio de conexões concorrentes, porta TCP/IP, Character Set, configurações de serviço etc. Não se preocupe com as várias opções de configuração disponíveis, você pode manter as que estão marcadas por padrão.

 

Dica: Na tela de opções de segurança é aconselhável alterar a senha do usuário root, por questão óbvia de segurança. O usuário root é o usuário administrador do servidor MySQL. Neste artigo usaremos a senha "root”.

 

Criando um banco de dados

Por padrão, o MySQL traz consigo uma ferramenta de linha de comando para que possamos criar e administrar um banco de dados. Você pode acessá-la através do atalho MySQL Command Line Client, disponível no menu Iniciar>Programas>MySQL>MySQL Server4.1. Ao entrar na janela de prompt, digite a senha do usuário root para conectar ao servidor.

 

Nota: Para consultar os comandos disponíveis na ferramenta, digite "help" ou o caractere "?”.

 

O MySQL Command Line Client não difere letras maiúsculas de minúsculas. A seguir temos um exemplo de instrução SQL que pode ser executada dentro do prompt de comando:

 

select version(), user(), current_date(), now();

 

O comando anterior retoma a versão do servidor, o usuário conectado, data e hora corrente. Funções internas do MySQL, como user e now, devem ser utilizadas com parênteses,obedecendo a sintaxe do banco. Para visualizar os bancos que estão criados no MySQL, use o comando"Show Databases”. Para digitar vários comandos SQL utilize o caractere ";”,  que indica o fim de uma instrução.

Para criar um novo banco de dados chamado "ClubeDelphi”, digite o seguinte código:

 

CREATE DATABASE CLUBEDELPHI:

 

O fato de termos criado um novo banco não significa que estejamos conectados a ele. É preciso digitar o comando "Use clubedelphi" para acessá-lo.

O MySQL possui suporte a diversos tipos de dados diferentes, entre eles Smallint, integer, bigint, float, numeric, timestamp, time, year, varchar, blob,  etc. Para a coluna definida com um dos tipos integer suportados, o MySQL permite a atribuição da opção Autoincrement a essa coluna, para que seu valor seja incrementado automaticamente.

 

Nota: Para ter acesso às informações sobre todos os tipos de dados suportados pelo MySQL, veja o capítulo 11 - Column Types do manual de referência do MySQL (dev.mysql.com/doc/mysql/en/column-types.html).

 

Para criar uma tabela no banco de dados clubedelphi utilize o comando CreateTable, como no exemplo a seguir:

 

CREATETABLE CLIENTES (

    ID INT NOT NULL,

    NOME VARCHAR(30) NOT NULL,

    EMAIL VARCHAR(50),

    PRIMARY KEY(ID));

 

Para visualizaras tabelas criadas no banco de dados utilize o comando "Show Tables". Para visualizar os metadados de uma tabela específica, como a tabela Clientes, digite "Describe Clientes;”.

 

Nota: O MySQLé um banco de dados relacional que suporta instruções SQLpadrão ANSI/ISO SQL, isso é, você pode usar os comandos SQLpadrão para manipular e gerenciar o banco, como instruções DML (Select, Insert,

Update e Delete) e DDL (Create, After e Drop).

 

Vamos inserir alguns registros na tabela Clientes para que possamos visualizá-los e editá-los mais tarde a partir do Delphi. Para adicionar novos registros, digite os seguintes códigos de inserção:

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?