Artigo Clube Delphi 95 - Stored Procedures

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Aprenda a criar e utilizar Stored Procedures em suas aplicações Win32 e .NET.

Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi edição 95. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Easy Delphi

Stored Procedures

Aprenda a criar e utilizar Stored Procedures em suas aplicações Win32 e .NET

 

Se traduzirmos ao pé da letra o termo Stored Procedure, chegaremos em “Procedimentos Armazenados”. Podemos chamar também de SP’s. SP’s são um conjunto de comandos que atribuímos uma identificação (“nome”) e deixamos armazenado no banco de dados, sendo que a qualquer momento este procedimento poderá ser solicitado por meio do SGBD (“Sistema Gerenciador de Banco de Dados”) ou através de um sistema específico com interface e integração com a base de dados. A idéia que se tem quando falamos em Stored Procedures é a criação de um sistema dentro do próprio banco, onde todo o processo é executado podendo ser definidas regras para cadastros, alterações, exclusões, entre outras.

Veremos neste artigo os conceitos e dicas de como e o porquê de usar procedimentos armazenados, criação e utilização de Stored Procedures através do Delphi 7 para sistemas Win32 e do Delphi 2006 for .NET para aplicações Web for ASP.NET. Faremos a implementação da ferramenta na base de dados Employee.fdb que acompanha a instalação padrão do Firebird e utilizaremos o IBExpert para criação de tais SP’s.

 

Conceito

Coleção de comandos em SQL para gerenciamento da base de dados, as Stored Procedures, permitem ao desenvolvedor definir rotinas e tarefas encapsuladas a serem executadas de forma repetitiva na base recebendo como informações os parâmetros de entrada (in) e retornando valores de resposta ao usuário, conhecidos como parâmetros de saída (out). Os procedimentos criados em um banco poderão ser executados a qualquer momento. Eles podem ser solicitados por aplicações ou quando determinada condição é atendida, mesmo que não haja intervenção de usuários. Podendo também ser anulada qualquer taxa de tráfego de informações pela rede visando que os registros e todo o processamento serão de forma local na estação onde o banco de dados encontra-se hospedado.

Em outras palavras, uma Stored Procedure pode ser executada diretamente da aplicação, seja ela Client/Server, n-tier, Web etc., ou ainda dentro do próprio SGBD através de outras SP’s ou gatilhos, chamados também de Trigger’s.

 

Aspectos gerais e vantagens de utilizar Stored Procedures

A utilização de SP’s faz com que seu sistema ganhe performance profissional, maior rendimento durante o desenvolvimento e possibilita até correção de falhas. Conheça algumas das vantagens em se utilizar SP’s. Antes de desenvolver um sistema faça análise de toda a estrutura e ações necessárias baseando-se nos itens a seguir. Faça o levantamento de quando e como utilizar Stored Procedures:

·         Mais velocidade e desempenho: Ações como alteração, inclusão e consultas de informações são muito mais rápidas quando realizadas através de Stored Procedures;

·         Processamento direcionado: Stored Procedures “rodam” diretamente no servidor, aspecto este que possibilita atualizações sem preocupação com falhas nos aplicativos desde que seus parâmetros não sejam alterados;

·         Redução do tráfego: Apenas a chamada e os parâmetros serão transferidos pela rede;

·         Operações complexas: podemos executar processos bastante complexos e extensos sem que haja interatividade com aplicativos externos. Dessa forma podemos estender todo o poder da linguagem SQL fazendo o banco trabalhar por nós;

·         Divisão de tarefas: enquanto a requisição de um procedimento realizado por um usuário é processada no servidor o mesmo poderá continuar a executar outras atividades no aplicativo cliente;

·         Obtenção de resultados: em uma única chamada a um procedimento é possível passar parâmetros para a base de dados e obter resultados das ações executadas ou pesquisas realizadas.

 

Em determinadas circunstâncias, o uso de procedimentos é a forma mais aconselhável. Podemos citar como situações em potencial para o uso de SP’s: operações que não necessitem da intervenção do usuário, processos iguais sendo executados por mais de um dos módulos ou usuários em diferentes terminais, ações diárias ou repetitivas, necessidade de grande processamento ou número elevado de registros resultantes, entre outras situações. Ou seja, regras e comandos SQL ficam centralizados no aplicativo, o que nem sempre é o ideal.

 

Criando o primeiro procedimento

A primeira implementação de uma Stored Procedure será realizada com auxilio do IBExpert em sua versão Standard. Por isso, acesse o link www.ibexpert.com e em seguida entre no item IBExpert.

 

ClubeDelphi PLUS!

Acesse agora o mesmo o portal do assinante ClubeDelphi e assista a uma vídeo aula de Luciano Pimenta que mostra como baixar e instalar o IBExpert em sua versão gratuita.  

www.devmedia.com.br/articles/viewcomp.asp?comp=3082

 

À esquerda do site do fabricante clique em Download>Free. Preencha o formulário de cadastro e aguarde o e-mail com as instruções de download da ferramenta. Após isso, abra o IBExpert e vamos registrar o banco de dados Employee.fdb através do menu DataBase>Register DataBase. Na janela de registro (Figura 1) altere a caixa de seleção Server para “Local” e Server Version para “Firebird 1.5”. Em Database File localize o banco de dados Employee.fdb encontrado no caminho default de instalação do Firebird no endereço “C:\Arquivos de programas\Firebird\Firebird\examples\empbuild\EMPLOYEE.FDB”. Em Database Alias"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?