Artigo Clube Delphi Edição 41 - Delphi: Segredos do IDE

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista Clube Delphi Edição 41.

Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi edição 41. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Atenção: por essa edição ser muito antiga não há arquivo PDF para download. Os artigos dessa edição estão disponíveis somente através do formato HTML. 

 

Delphi: Segredos do IDE

Dicas sobre o editor, desempenho, pacotes e descompilação

Neste artigo, conheceremos algumas dicas e segredos da IDE do Delphi 7.Veremos como configurar e depurar pacotes para aumentar o desempenho do ambiente, criaremos templates de código, componentes e Frames, para aumentar a produtividade no desenvolvimento de aplicações, além de mostrar como usar o recurso de to-do list  e como utilizar o Delphi para editar arquivos externos, como HTML e JavaScript.

Install Packages

Como sabemos, a cada nova versão do Delphi são incluídas novas paletas na IDE (por exemplo, o Delphi 5 trouxe as paletas ADO e IBX; o Delphi 6 trouxe o WebSnap, dbExpress, WebServices etc.; a versão 7 trouxe o IntraWeb, Rave e muitas outras). As vantagens de tantos componentes são óbvias, mas com isso a IDE do Delphi vai ficando cada vez mais “pesada”.

Você, certamente, não utiliza todos os componentes do Delphi em uma mesma aplicação. Por exemplo, se você está usando dbExpress como mecanismo de acesso a dados, raramente (ou nunca) vai precisar das paletas ADO, BDE ou IBX. Caso esteja programando para duas camadas, dificilmente vai precisar dos componentes DataSnap. Se não desenvolve para web, não precisará do WebSnap ou IntraWeb. E se prefere não desenvolver aplicações cross-platform para compatibilidade com o Kylix, então os componentes CLX serão dispensáveis – e assim por diante. No entanto, sempre que você abre o Delphi, por default todos os pacotes (arquivos .bpl) são carregados.

É muito simples, no entanto, desinstalar os pacotes que você não vai utilizar. Basta clicar em Component|Install Packages, desmarcar os pacotes desnecessários e marcar a opção Default para que todos os projetos criados a partir desse ponto usem a nova definição. Veja na Figura 1 como seria feita a remoção do pacote BDE, por exemplo.

 

 

Figura 1. Removendo os componentes da paleta BDE

A opção Remove desinstala o pacote e o retira da lista; no entanto é recomendável apenas desmarcar o pacote, pois isso torna mais fácil sua reinstalação caso seja necessário. Caso o tenha removido, basta clicar no botão Add e adicionar novamente o arquivo .bpl – normalmente localizado no diretório $(Delphi)\bin. Se você não tem certeza de que o pacote selecionado contenha exatamente os componentes a serem excluídos, pode clicar no botão Components para ver seu conteúdo antes de fazer a remoção.

Lembre que existem dependências entre pacotes (isso é indicado na cláusula Requires de um pacote), ou seja, a remoção de um pode ocasionar a remoção de outros – o Delphi avisará quando ocorrer essa situação.

 

Nota:  Você pode “excluir” componentes individuais da paleta de componentes clicando com o botão direito sobre ela e acessando a opção Properties. No entanto, isso não ocasionará aumento de desempenho, pois essa operação apenas oculta os componentes, não evita que sejam carregados pelo IDE.

To-Do List

O recurso de To-Do List do Delphi permite organizar uma lista de tarefas que devem ser realizadas em uma  determinada unit. Por exemplo, imagine que você precise implementar um método, mas não queira – ou não possa – fazer isso no momento. Ao retornar ao projeto depois, você precisaria lembrar das partes não-implementadas, e encontrar o local exato das pendências.

Vamos ilustrar o recurso com um exemplo. Em uma nova aplicação Delphi, coloque um botão no formulário e dê um duplo clique nele. Pressione Shift+Ctrl+T – será apresentada a janela da Figura 2.

 

Figura 2. Criando uma entrada de To-Do List

Nessa janela você pode preencher a descrição da tarefa, além de definir para ela uma prioridade, um proprietário (ou responsável) e uma categoria. Ao clicar em OK, no nosso exemplo, será adicionada uma linha ao evento OnClick do botão:

 

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);

begin

  { TODO -oLuciano -cDatabase : Implementar aqui as validações dos dados do ClientDataSet }

end;

 

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?