Artigo da SQL Magazine 29 - Stored procedures e triggers

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Artigo da SQL Magazine - edição 29.

capa_NET40_G.gif

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Stored procedures e triggers

Aumentando o desempenho

Luciano Pimenta

Procuramos sempre fazer o melhor em nossas aplicações, seja em termo de desempenho ou aparência do sistema. Sempre queremos que a aplicação seja a mais rápida possível, assim não teremos o cliente em “nosso pé” reclamando da lentidão do software.

Uma maneira de melhorar a performance de aplicações é a utilização dos objetos stored procedures e triggers, ambos “disparados” no servidor.

Triggers são “gatilhos” para eventos de tabelas do banco. Antes ou depois de inserir/excluir ou atualizar dados em uma tabela, podemos utilizá-las para executar instruções SQL em outras tabelas ou ainda verificar determinada condição para excluir/inserir algum registro. Veremos neste artigo exemplos de stored procedures e triggers para banco de dados InterBase e Firebird (ler Nota 1).

 

Nota 1. Exemplos do artigo

 Alguns exemplos de stored procedures e triggers desse artigo foram retirados do banco Employee que acompanha a instalação do InterBase/Firebird. Outros foram criados pelo autor baseado em um banco de dados de exemplo.

Stored Procedures

Esse objeto fica armazenado e será executado no banco de dados, possibilitando que nossa aplicação funcione mais rapidamente em determinadas situações. Possui uma linguagem para criação com suporte a declaração de variáveis, teste de condições, loops.

Em stored procedures, podemos utilizar instruções SQL do tipo DML (Linguagem de Manipulação de Dados), não sendo possível usar instruções do tipo DDL (Linguagem de Definição de Dados), como: CREATE, ALTER, DROP, GRANT e REVOKE.

Na Listagem 1 temos exemplos de códigos que podemos utilizar em uma stored procedure.

 

Listagem 1. Código suportado em uma Stored Procedure.

If (a condição deve estar entre parenteses )

IF (CONDICAO) THEN

BEGIN

  INSTRUCAO1;

  INSTRUCAO2;

  …;

END

ELSE

BEGIN

  INSTRUCAO1;

  INSTRUCAO2;

  INSTRUCAO3;

  …;

END

 

While

WHILE (CONDICAO) DO

BEGIN

  INSTRUCOES;

END

 

For

FOR CODIGO_SELECT (instrução Select)

DO

BEGIN

  INSTRUCOES;

END

 

A seguir, listamos algumas vantagens na utilização de stored procedures:

·         Centralização das regras de negócio no servidor. Se quisermos modificar a implementação da stored procedure, alteramos em apenas um lugar (banco de dados);

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?