Artigo da SQL Magazine 43 - Bancos de dados orientados a objetos

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da SQL Magazine - edição 43.

Capa SQl 33

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Bancos de dados orientados a objetos – Conheça o JADE

 

Atualmente, o desenvolvimento de aplicações utilizando o paradigma da orientação a objetos tem se tornado comum, e a persistência de objetos usualmente tem se utilizado de bancos de dados relacionais, o que normalmente leva o desenvolvedor à construção ou utilização de camadas de mapeamento objeto-relacional.

Com a utilização de bancos de dados orientados a objetos, as aplicações desenvolvidas com essa tecnologia não necessitam de uma camada de mapeamento objeto-relacional, o que traz ganhos de produtividade e manutenibilidade. Neste contexto, uma das alternativas é a utilização de ambientes completos de desenvolvimento orientado a objetos, como o JADE, uma solução integrada de linguagem e banco de dados orientado a objetos.

O ambiente JADE é administrado pela ferramenta JADE Object Manager, cuidando do armazenamento de objetos, gerência de transações, gerência de cache, controle de concorrência e ligação dinâmica de objetos. Possui ainda um banco de dados orientado a objetos chamado JADE Object Database, que armazena definições de classes, código dos métodos e outros controles internos do ambiente. JADE Language é a linguagem de programação orientada a objetos na qual os métodos JADE são escritos. Aplicações construídas em JADE podem rodar nas plataformas Windows e Linux.

Opções de distribuição

JADE permite três tipos de distribuição de aplicações: Cliente/Servidor, HTML e JADE Smart Thin Client. Isso significa que é possível construir uma aplicação que utiliza formulários visuais e, posteriormente, distribuí-la pela internet sem grandes esforços adicionais.

Utilizando o modo Cliente/Servidor, todos os métodos são processados no cliente, a não ser que se especifique, por questões de desempenho, que determinado método deve rodar no servidor. Usando o modo HTML, os formulários da aplicação são transformados em formulários HTML, podendo ser utilizados via internet. JADE Smart Thin Client é aconselhável para computadores clientes que possuem baixo poder de processamento e memória, ou para utilização em redes de baixo desempenho. Nesse modo, os métodos da interface com o usuário são processados na máquina cliente enquanto os outros métodos são processados no servidor de aplicação.

JADE ainda permite construir e disponibilizar Web Services, que possibilitam a comunicação entre programas diferentes, o que pode ser utilizado, por exemplo, para integrar diversos sistemas com o JADE.

 Para utilizar o JADE comercialmente é necessário adquirir uma licença, mas existe uma versão gratuita para desenvolvedores que pode ser baixada em http://www.jadeworld.com/jade/.

Construção de uma aplicação de exemplo em JADE

Nesta matéria, será desenvolvido como estudo de caso um fragmento de um sistema de folha de pagamento, conforme o diagrama de classes da Figura 1.

 

Figura 1. Diagrama de classes.

 

Para a implementação deste modelo, deve-se primeiro conhecer as funcionalidades básicas do JADE. A Figura 2 apresenta a janela principal do JADE, enquanto a Tabela 1 apresenta uma breve descrição das funcionalidades dos principais botões da barra de ferramentas desta janela, que servem como atalho para algumas funcionalidades listadas nesse artigo.

 

Figura 2. Janela principal do JADE.

 

Tabela 1. Descrição dos Botões da Barra de Ferramentas.

“Browser Schema”: abre a janela “Schema Browser”, que permite acessar um Schema, que é semelhante a um namespace do C# ou um pacote do Java, ou seja, agrupa um conjunto de classes que compõe uma aplicação.

“Browse Classes”: abre a janela “Class Browser”, que permite acessar as classes de determinado Schema.

“Browser Applications”: abre a janela “Application Browser”, que permite alterar informações sobre a aplicação.

“Run Application”: executa a aplicação.

“Open Painter”: abre a tela “JADE Painter” que permite o desenho de formulários.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?