artigo .net Magazine 45 - Introdução ao Silverlight

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Neste artigo apresentaremos os principais conceitos sobre o Silverlight.

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Novidades

Introdução ao Silverlight

 

Atualmente existem muitas discussões sobre o desenvolvimento de interfaces de aplicativos. Muitos programadores ainda não desenvolvem suas aplicações no ambiente Web devido a algumas limitações para a criação de interfaces ricas, ou seja, que possuem fácil interatividade com os usuários.

Alguns conceitos e tecnologias têm buscado melhorar essas restrições, algumas com mais ou menos êxito, porém quase todas com limitações relevantes, por exemplo: ActiveForm, ActiveX, SmartClient .NET e Flash.

Aplicações desenvolvidas com interfaces mais funcionais do que as páginas Web tradicionais, são desenvolvidas sobre o conceito RIA (Rich Internet Application), que possuem facilidades semelhante ao ambiente desktop. De modo geral, nesse tipo de situação, o processamento da interface é transmitido para o cliente, enquanto os acessos aos dados e fluxos do sistema continuam sendo realizados no servidor.

No contexto de proporcionar aos usuários melhor interatividade com o sites atuais a Microsoft está desenvolvendo uma nova solução para o desenvolvimento de aplicação com interface rica. O nome do projeto é Silverlight.

Silverlight é um SDK (Software Development Kit), além de fornecer plugin e deploy de aplicações desenvolvidas nesse ambiente. Algumas de suas principais características são:

·         Cross-browser, ou seja, possibilita a execução das aplicações no IE, Firefox, Safári etc., além dos browsers derivados dessas engines;

·         Fornece integração nativa para desenvolver aplicações baseadas em multimídia;

·         Ambiente para desenvolvimento RIA (Rich Internet Application);

·         Possibilita a construção de aplicações em várias linguagens e plataformas, dentre elas: AJAX, VB, C#, Python e Ruby;

·         Possibilidade de integração com aplicações existentes;

·         Utiliza os conceitos do Windows Presentation Foundation (WPF) através de arquivos XAML (eXtensible Application Markup Language), que compõe a nova maneira de criar interfaces no ambiente Windows;

·         O site sobre Silverlight está acessível em silverlight.net;

·         Anteriormente era denominado WPF/E.

Neste artigo apresentaremos os principais conceitos sobre o Silverlight. Através da criação de uma aplicação de exemplo, demonstraremos a utilização (dessa tecnologia) nos seguintes cenários: Hello World com TextBlock, animações,visualização de arquivos de vídeo (WMV) e consumo de Web Services.

 

Silverlight 1.1 Alpha Refresh

Para iniciar o desenvolvimento da aplicação, é necessário ter em seu computador o Silverlight instalado, bem como o Visual Studio 2008. Acesse o endereço msdn2.microsoft.com/en-us/silverlight/bb187452.aspx (Figura 1), onde estão disponíveis para download todas as versões existentes e baixe os seguintes arquivos, divididos em dois grupos:

SDK para o desenvolvimento de aplicações Silverlight:

·         Silverlight 1.1 Alpha Software Development Kit (SDK);

·         Silverlight 1.0 Software Development Kit Release Candidate (SDK).

Plugin para visualização de aplicações desenvolvidas com o SDK:

·         Silverlight 1.0 Release Candidate;

·         SDKs para o desenvolvimento de aplicações Silverlight.

 

Nota: Desenvolveremos a aplicação na versão 1.1, entretanto é necessário instalar as versões 1.0 e 1.1.

 

Figura 1. Página de download do Silverlight

 

Após realizar o download dos arquivos, execute a instalação na seguinte ordem:

·         Silverlight 1.0 Release Candidate;

·         Silverlight 1.0 Software Development Kit Release Candidate (SDK);

·         Silverlight 1.1 Alpha Refresh;

·         Silverlight 1.1 Alpha Software Development Kit (SDK).

Pronto! Podemos iniciar a construção do aplicativo, porém antes é fundamental o entendimento dos principais conceitos do Silverlight.

 

Fundamentos do Silverlight

Nesse momento, faz-se necessária uma análise sobre alguns conceitos iniciais relacionados aos projetos Silverlight. Ao criar um projeto, através do Visual Studio 2008, automaticamente são criados os arquivos mostrados na Figura 2. Veja na Tabela 1 uma breve descrição de cada arquivo.

 

 

Figura 2. Arquivos de um projeto Silverlight no Visual Studio 2008

 

Arquivo

Descrição

TestPage.html

Hospeda o plugin do Silverlight. Serve como uma espécie de container dos controles. Página responsável por invocar o CreateSilverlight que é definido no arquivo TestPage.html.js.

TestPage.html.js

Define o CreateSilverlight, que é responsável por efetivamente instanciar o objeto XAML a ser gerado pela página Page.xaml.

Silverlight.js

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?