Artigo .net Magazine 55 - Utilizando o Firebird no ASP.NET

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Neste artigo veremos a instalação do banco de dados Firebird e do provider para ADO.Net e a criação de uma aplicação que utilizará dados do Firebird.

Esse artigo faz parte da revista .NET Magazine edição 55. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Web – Boas Práticas

Utilizando o Firebird no ASP.NET

Aplicações ASP.NET em camadas com DataProvider nativo do Firebird

 

Neste artigo veremos

·         Instalação do banco de dados Firebird e do provider para ADO.Net;

·         Criação de uma aplicação que utilizará dados do Firebird.

Qual a finalidade

·         Mostrar como criar uma aplicação com o banco de dados Firebird.

Quais situações utilizam esses recursos?

·         Aplicações .Net que necessitam conectar com o banco de dados Firebird terão como opção utilizar o provider para .Net deste banco.

 

Resumo do DevMan

O banco de dados Firebird é um banco open source e muito utilizado para criar aplicações de todos os níveis. Com o provider do Firebird para ADO.Net é possível criar aplicações com total integração com o .Net e aproveitar os conhecimentos de ADO.Net advindo da utilização de outros bancos de dados. A performance também é superior se comparada com ODBC.

 

Hoje o desenvolvedor tem muitas opções de bancos de dados para uso em uma aplicação, seja ela voltada para o ambiente das janelas ou para a Internet. O Visual Studio, através do ADO.NET, já disponibiliza drivers para prover conexão com alguns bancos de dados e, se o driver de um determinado banco de dados não estiver disponível no Visual Studio, o site do banco de dados deve provavelmente disponibilizar o download de um para uso em ambiente .NET.

Vamos neste artigo utilizar o Firebird como banco de dados, mas primeiro um pouco de história deste banco de dados gratuito, que possui a sua maior base de usuários no Brasil. Criado a partir do código-fonte do InterBase liberado pela Inprise Corp (conhecida como Borland Corp) em 25 de julho de 2000, o Firebird é um projeto comercialmente independente de programadores, conselheiros técnicos e pessoal de suporte, oferecendo instruções padrões SQL ANSI rodando em múltiplas plataformas, excelente concorrência, alta performance e suporte de linguagem para criação de stored procedures e triggers. No momento deste artigo a versão mais atual é a 2.1.

 

Preparando e organizando o ambiente para este artigo

Para uma melhor organização vamos criar uma estrutura de pastas onde guardaremos o código-fonte do artigo e suas ferramentas. Abra o Windows Explorer e crie abaixo do drive C: uma pasta com o nome NetMagazine – Usando Firebird no ASP.NET e abaixo desta, crie mais uma pasta e a nomeie FireBirdASPNET.  Após isso você deverá ter uma estrutura parecida com a mostrada na Figura 1.

 

Figura 1. Criando a estrutura de diretórios da aplicação ASP.NET

 

Esta estrutura de diretórios é apenas para que possamos ter uma melhor organização da nossa aplicação de acesso ao Firebird, mas se desejar fique à vontade para criar a estrutura conforme sua padronização.

Ainda nesta aplicação vamos usar mais uma vez uma estrutura em camadas para a nossa aplicação. A pasta FireBirdASPNET irá conter a nossa UI (a aplicação ASP.NET) e a pasta FireBirdASPNET_BDL irá conter a nossa camada de negócios e acesso a dados. Ao final deste artigo, um olhar mais atento mostrará que a camada de negócios (Business layer) estará junto com a camada de acesso a dados (Data layer).

 

Nota

Colocar a camada de negócios junto com a camada de dados em uma única .DLL é válido quando sempre usamos um único banco de dados, pois o banco adotado nunca mudará. E mesmo assim, isso é algo que dificilmente podemos tomar como uma verdade absoluta, pois uma empresa pode em um determinado momento adotar um novo banco de dados em função de uma série de novas necessidades (segurança, escalabilidade, etc.). Assim, no caso de aplicações que precisem de flexibilidade neste ponto, devemos adotar sempre a separação da camada de negócios da camada de acesso a dados, deixando deste modo as nossas aplicações preparadas para uma futura mudança do banco de dados utilizado ou até o uso de mais de um banco de dados.

 

Baixando e instalando o banco Firebird

Agora precisamos baixar o instalador do Firebird para acesso a este banco de dados. Abra o seu browser e vá para o endereço www.firebirdsql.org e selecione o menu de download conforme a Figura 2.

 

Figura 2. Selecionando o download do Firebird

 

Agora você estará na página de download de todas as versões do Firebird. Para o nosso artigo usaremos a versão 2.04, conforme mostrado na Figura 3. Clique onde indicado para iniciar o download.

 

Figura 3. Baixando Firebird versão 2.0.4"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?