Artigo .net Magazine 57 - Stored Procedures X Ad-Hoc Queries

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista .NET Magazine - Edição 57.

Esse artigo faz parte da revista .NET Magazine edição 57. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

imagem_pdf.jpg

 

Banco de Dados – Boas Práticas

Stored Procedures X Ad-Hoc Queries

Comparando abordagens no acesso a dados

 

Neste artigo veremos

·         Stored Procedures;

·         ad-hoc queries;

·         Transact-SQL.

Qual a finalidade?

·         Contrapor a utilização de stored procedure e ad-hoc queries.

Quais situações utilizam esses recursos?

·         O planejamento de aplicações orientadas a dados que busquem a aplicação de melhores práticas será enriquecido pela leitura deste artigo.

 

Resumo do DevMan

Existem atualmente duas vertentes de pensamento que discutem as vantagens e desvantagens da utilização de stored procedures e ad-hoc queries na camada de acesso a dados da aplicação. Enquanto a primeira defende a velocidade da execução das consultas pelo próprio banco de dados, a segunda, se baseia na facilidade de manutenção das queries no código da aplicação.

Consideraremos as questões referentes à performance, segurança, compartilhamento de informações, injeção de SQL e tráfego de rede na comparação das duas linha de pensamentos, no que tange ao desenvolvimento de sistemas na plataforma .NET, por serem esses tópicos os mais relevantes na discussão proposta.

 

Alguns desenvolvedores de sistemas discutem, atualmente, sobre a melhor forma de se trabalhar com a interação entre a camada de acesso a dados do .Net Framework e o banco de dados, ou seja, se utilizando stored procedures ou Transact-SQL – t-sql no código da aplicação, algo mais conhecido como ad-hoc queries.

Duas são as linhas de pensamento: uma defende a utilização de stored procedures, baseando seus argumentos, principalmente, em sua execução diretamente no servidor de banco de dados, o que aumentaria a performance do processo que está sendo executado; a outra, em contrapartida, defende a utilização do t-sql no código da aplicação, pautando-se na facilidade de manutenção ou solução de problemas.

Neste artigo são apresentadas considerações preliminares referentes às stored procedures, seu mecanismo de funcionamento e uma introdução à linguagem t-sql, considerando os argumentos que pesam sobre as duas linhas de desenvolvimento. Em seguida, é apresentado um estudo de caso, no qual as stored procedures foram adotadas como melhor recurso para sua implementação.

 "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?