Artigo .net Magazine 58 - Build Automático

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Automatizando o processo de compilação e distribuição de uma web application com o NAnt.

Esse artigo faz parte da revista .NET Magazine edição 58. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

imagem_pdf.jpg

 

Boas Práticas

Build Automático

Automatizando o processo de compilação e distribuição de uma web application com o NAnt

 

Neste artigo veremos

·         Como compilar e distribuir seu projeto automaticamente;

·         Uma introdução ao uso e configuração do NAnt;

·         Alteração automática do arquivo de configuração do projeto para acessar outros ambientes (ex: banco de dados);

·         Agendando o Build do seu projeto.

Qual a finalidade

·         A finalidade é permitir que você não tenha que se preocupar com a compilação e distribuição do seu projeto para outras equipes.

Quais situações utilizam esses recursos?

·         No dia-a-dia de empresas de desenvolvimento isto é muito útil, pois as outras áreas interessadas no projeto terão acesso sempre à última versão compilada. Um exemplo seria o departamento de testes ou qualidade de software que poderia acessar uma versão pronta e configurada para testes sem que a equipe de desenvolvimento tenha que ser envolvida nesta distribuição de versão.

 

Resumo do DevMan

O NAnt é uma ferramenta de compilação poderosa que permite compilar aplicativos .Net de maneira totalmente automatizada, permitindo ainda a execução de tarefas extras, como a criação de um diretório virtual no IIS. É uma ferramenta que habilita ainda a integração contínua.

        

O Build Automático é o processo de compilação e publicação de uma aplicação em desenvolvimento, executado de modo automático, sem interferência do desenvolvedor. Normalmente o Build Automático é usado no processo de Integração Contínua e quando existem vários desenvolvedores trabalhando na mesma aplicação.

Pense em uma fábrica de software onde vários desenvolvedores constroem diversos módulos e classes relacionadas. É comum que uma alteração num método influencie diretamente a chamada deste por outras classes e isto somente é identificado quando as alterações são integradas num único pacote. É claro que estamos pensando num desenvolvimento apoiado sobre um controle de versão, como Source Safe, Subversion, CMVC etc.

O responsável pela execução da integração dos pacotes sendo desenvolvidos normalmente é o líder da equipe de desenvolvimento. Pense neste trabalho sendo feito manualmente: baixar a última versão do código do controle de versão, limpar a pasta de publicação, compilar, publicar, recriar o Virtual Directory, configurar o web.config e compactar a versão final criada para distribuição. Um pouco trabalhoso para ser efetuado 2 vezes ao dia por uma pessoa.

E que tal se tudo isso for feito automaticamente? É isso e um pouco mais que o Build Automático se propõe a fazer.

 

Finalidade

A finalidade principal do Build automático é agilizar e facilitar o processo de compilação (Build) e publicação (deploy) de uma aplicação, tirando esta responsabilidade de uma pessoa da equipe e tornando o processo regular. O Build automático pode gerar notificação por e-mail de sucesso ou falha. Isto permite que toda equipe saiba o status atual da integração e possa corrigir qualquer falha, como métodos com chamada errada, em um intervalo de tempo bem curto.

É importante ressaltar que estamos tratando apenas do Build Automático e não de um processo de Integração Contínua completa. Não trataremos aqui de ferramentas de monitoração de integração, testes unitários ou qualidade de código.

 

Ferramentas utilizadas

Precisaremos de uma ferramenta para efetuar todos os processos necessários para compilação e publicação. Neste artigo usaremos o NAnt, versão para .net do famoso Ant usado para Builds em Java, e mostraremos um pouco do uso do MSBuild, nativo no Microsoft .Net Framework. Ambos são capazes de automatizar as principais necessidades num processo de compilação e publicação.

 

Preparação do ambiente

A primeira coisa a fazer é baixar e instalar o NAnt. Neste artigo usaremos, além do NAnt, o  NAntContrib. O NAntContrib é uma melhoria do NAnt permitindo o uso de Builds extras. Falaremos sobre as Builds mais adiante. As Builds adicionais do NAntContrib vão facilitar muito nosso trabalho no momento da compilação do projeto.

Vamos ao passo a passo para instalação do NAnt e NAntContrib:

 

1.      Faça download da última versão do NAnt em http://nant.sourceforge.net/. Acesse Releases, 0.86 Beta 1, Download, Binary no menu lateral esquerdo, conforme Figura 1;

 

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?