Artigo .net Magazine 67 - Feeds no .NET – RSS e Atom

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Utilizando o WCF REST Starter Kit

Atenção: esse artigo tem uma palestra complementar. Clique e assista!

[lead]Do que trata o artigo

Apresentação do novo namespace System.ServiceModel.Syndication do .NET 3.5 e como se tornou fácil gerar feeds RSS e Atom com esse mais novo recurso do .NET Framework.

Para que serve

Feed é um recurso indispensável em qualquer Web Site que forneça atualizações frequentes de conteúdo, já que possibilita aos leitores serem informados automaticamente no momento de uma nova atualização sem a necessidade de realizar visitas periódicas para verificar se existe alguma informação nova disponível.

Em que situação o tema é útil

Qualquer site que possua atualizações constantes em seu conteúdo necessita hoje em dia prover um feed para que seus usuários sejam notificados quando qualquer atualização seja disponibilizada. O artigo mostra como ficou fácil com o .NET 3.5 gerar feeds através do namespace System.ServiceModel.Syndication.

Resumo do DevMan

Hoje em dia é quase impossível imaginar qualquer site que possua conteúdo atualizado frequentemente e não disponibilize o seu feed. De forma geral, um feed consiste em dados formatados que são responsáveis por publicar atualizações recentes de um site. Com a URI do feed em mãos, usuários interessados podem se inscrever e, através de um agregador, serem notificados sempre que conteúdo novo estiver disponível.[/lead]

Isso torna a vida do usuário final muito mais simples, pois evita que o mesmo tenha que percorrer cada site de sua imensa lista de favoritos para se atualizar. Em vez disso, ele pode simplesmente abrir seu agregador e verificar quais sites possuem conteúdo novo disponível.

Este artigo mostra como gerar feeds com o .NET Framework 3.5, bem como criar um leitor.

Um arquivo de feed é baseado em XML para a publicação de informações. Atualmente os dois padrões mais utilizados são RSS 2.0 e Atom 1.0. O Atom surgiu com o intuito de suprir algumas limitações do RSS, que foi o primeiro formato a surgir. Entretanto, o objetivo de ambos é o mesmo: prover atualizações em um formato pré-definido. Para o usuário final não existem grandes diferenças entre o uso desses dois formatos.

Devido ao fato de o Atom ser considerado o sucessor do RSS, é muito provável que este seja o formato padrão num futuro próximo. A principal vantagem do Atom é suportar diversos tipos de conteúdo, de texto até XHTML e inclusive com possibilidade de efetuar um apontamento para conteúdo localizado fora do próprio feed, enquanto o RSS suporta basicamente texto (que pode ser utilizado para publicar HTML de maneira não tão legível). A Listagem 1 possui um exemplo de feed RSS 2.0, enquanto a Listagem 2 mostra um feed Atom 1.0. Perceba que não existem diferenças gritantes entre o conteúdo suportado nos dois formatos.

Listagem 1. Exemplo de RSS 2.0

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<rss version="2.0">
  <channel>
 
    <title>Feed RSS</title>
    <description>Exemplo de um Feed RSS</description>
    <link>http://example.org/</link>
    <lastBuildDate>Tue, 7 Jul 2009 20:00:00 

        -0300</lastBuildDate>
    <managingEditor>carlosaml@msn.com (Carlos)
    </managingEditor>
 
    <item>
      <title>Primeira atualização!</title>
      <link>http://example.org/2009/07/07/
       feeds-net35</link>
      <guid isPermaLink="true">
      http://example.org/2009/07/07/
      feeds-net35</guid>
      <pubDate>Tue, 7 Jul 2009 20:00:00 

      -0300</pubDate>
      <description>Texto.</description>
    </item>
 
  </channel>
</rss>
"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?