Artigo .net magazine 72 - SharePoint

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

O artigo irá apresentar ao leitor uma introdução ao uso do SharePoint para a criação de um site colaborativo e introduzir alguns conceitos básicos sobre o tema, como o que são listas, biblioteca de documentos e subsites.

Atenção: esse artigo tem uma palestra complementar. Clique e assista!

[lead]Do que trata o artigo

O artigo irá apresentar ao leitor uma introdução ao uso do SharePoint para a criação de um site colaborativo e introduzir alguns conceitos básicos sobre o tema, como o que são listas, biblioteca de documentos e subsites.

Para que serve

SharePoint é uma poderosa plataforma baseada em .NET e criada pela Microsoft que permite que usuários tenham acesso a um ambiente colaborativo para compartilhamento de documentos e armazenamento de informações e a aplicações como wikis, blogs e fórums. Através da tecnologia ASP.NET é possível criar Web Parts e customizar o seu portal SharePoint.

Em que situação o tema é útil

A quantidade de profissionais que conhecem ou já tiveram um contato mínimo com SharePoint ainda é bem pequena se comparado com a plataforma .NET. Para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de conhecer um pouco sobre esta poderosa ferramenta, esse artigo serve de base introdutória. Desta forma, o artigo é útil para os membros de uma equipe que queiram trabalhar de forma mais colaborativa e integrada.

Resumo do DevMan

O foco deste artigo será explorar o conceito de sites no SharePoint 2007 e apresentar as funcionalidades básicas para armazenamento de informações, colaboração através de biblioteca de documentos, wikis e blogs. Serão utilizadas somente funcionalidades out-of-the-box (fora da caixa, ou seja, que já vêm com o produto) que podem ser acessadas e configuradas através do backend da plataforma.[/lead]

Antes de iniciarmos a criação de uma Site Collection (ou coleção de sites) vamos entender o que é um site do WSS, para que serve e como funciona. Um site nada mais é que um repositório para conteúdo. Um site SharePoint tem seu conteúdo armazenado através de Listas (Lists), Bibliotecas de Documentos (Document Libraries) e sites filhos. Além disso, um site tem seu conteúdo protegido por permissões de forma que somente usuários que tenham sido permitidos possam acessá-lo, alterá-lo ou criar novo conteúdo.

[nota]Nota: Nos sites SharePoint é o IIS quem controla a autenticação, já que o SP delega esse papel para ele (IIS e suas camadas internas) e para o mecanismo de autenticação do ASP.NET. Dessa forma, o SharePoint cuida especificamente da autorização dos usuários ao site, ou seja, se o usuário (que foi autenticado anteriormente pelo IIS – seja através de autenticação integrada do Windows ou outro tipo de autenticação) tem ou não acesso ao site.[/nota]

Um site SharePoint também contém um backend que permite que novas páginas e novo conteúdo sejam criados e a interface gráfica seja customizada. Tudo isso pode ser feito sem ser necessário tocar nos arquivos físicos que ficam no servidor, no diretório do IIS. Upload de MasterPages, CSSs, JavaScripts e tantos outros arquivos necessários para a criação de um site podem ser carregados a partir das galerias e bibliotecas do SharePoint.

Para aqueles que já têm familiaridade com o sistema de Web Parts do ASP.NET (a partir da versão 2.0) vão se sentir em casa ao programar funcionalidades customizadas para o WSS, uma vez que essas funcionalidades provavelmente serão implementadas através de Web Parts, que podem ser facilmente adicionadas a uma página por um administrador de conteúdo e configuradas de acordo com a situação. Para as páginas existem duas visões, a visão pública, configurada pelo administrador e também a visão privada, onde cada usuário pode alterar algumas propriedades da página para visualizá-la a seu modo. Cada uma dessas visões, assim como todas as configurações, são armazenadas dentro do banco de dados de configuração.

Cada site WSS deve estar contido dentro do escopo de uma Web Application. Contudo, um site não pode existir de forma independente dentro de uma Web Application, pois ele precisa ser criado dentro do escopo de uma coleção de sites (ou Site Collection – a partir deste momento, apenas usarei Site Collection, pois é a terminologia mais comum encontrada). Dessa forma, uma Site Collection é um container de sites.

Cada Site Collection necessita ter pelo menos um site, que é o site raiz (root site), que por sua vez, pode ter qualquer número de sites filhos. A Figura 1 representa bem essa relação entre Web Application, Site Collection e sites.

Figura 1. Exemplo de hierarquia entre Web Application, Site Collection e Site

Na primeira Site Collection, existe somente o site raiz. Dessa forma, o endereço do site é http://seuservidor:8000/Sites/Vendas. A segunda e terceira Site Collections têm dois sites filhos cada uma, sendo que a terceira tem um terceiro nível, composto pelos sites Funcionarios e Terceiros (as URLs serão http://seuservidor:8000/Sites/RH/Colaboradores/Funcionarios e http://seuservidor:8000/Sites/RH/Colaboradores/Terceiros).

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?