Artigo SQL Magazine 45 - Modelagem de dados com a ferramenta Toad Data Modeler

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista SQL Magazine - Edição 45.

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Modelagem de dados com a ferramenta Toad Data Modeler

 

A modelagem de uma base de dados exige um grande entendimento do problema a ser solucionado. A utilização de modelos é importante para que se tenha uma visão mais clara e também para que se possa representar formalmente a realidade analisada. Para agilizar o processo de criação e manutenção destes modelos fazemos uso de ferramentas CASE (Computer-Aided Software Engineering).

Neste contexto, este artigo trata da ferramenta Toad Data Modeler, anteriormente conhecida como Case Studio, que tem o intuito de auxiliar a modelagem de dados, e procura explorar as principais funcionalidades da versão gratuita desta ferramenta. Este artigo também apresenta algumas das vantagens que o produto comercial pode oferecer.

 

Características da Toad Data Modeler

Dentre as principais características da ferramenta, além das óbvias de modelagem e facilidade de manutenção do modelo, podem-se destacar o teste de consistência, que permite avaliar o modelo antes mesmo da criação física do banco. Também é possível gerar relatórios em HTML ou RTF, que servem também como uma documentação detalhada do modelo. Outra funcionalidade é a possibilidade de exportar o modelo para um documento XML, ou exportação para um documento de imagem. Além destas, outras funcionalidades podem ser encontradas na versão paga da ferramenta, por exemplo, engenharia reversa que permite gerar o modelo a partir de uma base de dados existente, bem como o controle das versões do modelo.

 

Conhecendo a Toad Data Modeler

Para demonstrar as funcionalidades da ferramenta, é mostrada a construção de um modelo de vendas composto pelas entidades Cliente, Pedido, Item_pedido, Produto, Vendedor e Dependente, não tendo o objetivo de ser um exemplo completo. Neste estudo de caso será utilizado o SGBD Firebird.

A Figura 1 mostra a janela principal da Toad Data Modeler, na qual é importante conhecer alguns atalhos para obter uma maior produtividade da ferramenta. A Figura 1 ainda mostra o modelo obtido ao final do estudo de caso deste artigo.

 

Figura 1. Janela principal.

 

A parte direita da área de trabalho é onde se inserem os objetos, tabelas e relacionamentos, por exemplo. Na parte esquerda há um menu em árvore, onde se pode navegar nos modelos existentes.

Na parte superior da janela principal encontram-se diversos atalhos que proporcionam maior eficiência na construção dos modelos. Estes atalhos são apresentados na Figura 2.

 

 


Figura 2. Atalhos.

 

Na paleta Files estão os botões para a criação de um novo modelo, abrir um já existente, salvar ou imprimir. No botão Environment Setup  é onde são definidas algumas propriedades do modelo, por exemplo, propriedades como cor do fundo e fonte. No botão Explorer  pode-se ver separadamente os componentes que compõem o modelo. Em Model Verification"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?