DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Este é um post disponível para assinantes MVP
###

Artigo SQL Magazine 49 -Projeto de Banco de Dados

Artigo da revista SQL Magazine edição 49.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

Esse artigo faz parte da revista SQL Magazine edição 49. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Projeto

Projeto de Banco de Dados

Controle de contas a pagar e contas a receber

 

Veremos neste artigo uma solução de modelagem para um sistema de contas a pagar e contas a receber. Não é um modelo completo, mas possivelmente poderá ser tomado como ponto de partida em seu projeto.

Estudo de Caso

O sistema de controle de contas a pagar e contas a receber auxilia o departamento financeiro a registrar e organizar todos os movimentos financeiros da empresa, possibilitando um controle e visão das obrigações a pagar e pagos e os direitos a receber e recebidos que ela possui junto aos clientes e fornecedores.

O modelo de dados do sistema de controle de contas a pagar e contas a receber possui tabelas cadastrais e transacionais.

Entenda-se tabelas como sendo as entidades de negócios definidas e estabelecidas pela área financeira juntamente com o analista de dados. As tabelas/entidades cadastrais, como o próprio nome diz, servem para registrar as informações que identificarão e classificarão algum dado (Cliente, Fornecedor, Banco, Agência, Centro de Custo, Moeda, Portador, Produto, Status Cheque, Status Duplicata, Tipo Nota Fiscal, Tipo Pagamento/Recebimento, Tipo Venda, Vendedores) enquanto que as tabelas transacionais servem para registrar as movimentações de vendas, compras, pagamentos, recebimentos ocorridas no decorrer da linha do tempo (Duplicatas Pagar, Duplicatas Receber, Fluxo Caixa, Nota Fiscal Header, Nota Fiscal Detail, Lançamentos Vendas, Lançamentos x Nota Fiscal) que posteriormente poderão ser armazenadas em um terceiro tipo de tabela chamada tabela histórica, onde são armazenados todos os históricos de movimentações.

Neste modelo de dados não criamos as tabelas históricas.

Como se trata de um modelo de dados conceitual não há tabelas temporárias ou views.

O Modelo de dados para este cenário é apresentado na Figura 1.

 

Figura 1. Modelo de dados.

 

A Tabela 1 apresenta uma descrição das tabelas presentes neste modelo.

 

Nome da Tabela

"

A exibição deste artigo foi interrompida

Este post está disponível para assinantes MVP.



Marceliz Mayer (marcelizmayer@hotmail.com) é Analista de Dados (DA) na IBM do Brasil em projeto internacional, graduada em análise de sistemas pela USF – Universidade São Francisco, especialista em estratégias de negócios pela FGV [...]

O que você achou deste post?
Publicidade
Serviços

Mais posts