Artigo SQL Magazine 49 - Questões de banco de dados do concurso da PETROBRAS

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da revista SQL Magazine edição 49.

Esse artigo faz parte da revista SQL Magazine edição 49. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Banco de Dados

Questões de banco de dados do concurso da PETROBRAS

 

A Petrobras, uma das maiores empresas do Brasil, abriu um concurso público em 27 de maio de 2007 para preencher diversos postos de trabalho. Dentre os principais cargos apresentados no edital, destaca-se o cargo de Analista de Sistemas Júnior, com especialidade em infra-estrutura. Diversos postos de trabalho estavam disponíveis para este cargo, que contou com vagas para as cidades de Manaus, Vitória, Santos e Aracajú. Como requisito, os candidatos devem ter diploma de ensino superior completo fornecido por um curso de graduação na área de exatas. O salário inicial para este cargo foi de R$ 3.426,47.

De acordo com o edital, a prova foi dividida entre questões de conhecimentos básicos, que compreendiam 50 questões objetivas com caráter eliminatório, e questões com conhecimentos específicos, que compreendiam 100 questões com caráter eliminatório e classificatório. As questões deveriam ser respondidas da seguinte forma: utilizar a letra C para indicar que a afirmação apresentada pela questão estava correta ou utilizar a letra E para indicar que a afirmação apresentada na questão estava errada.

O tempo total para a realização da prova foi de quatro horas. O edital indicou que os candidatos ao cargo de Analista de Sistema Júnior devem possuir conhecimentos de redes, infra-estrutura e bancos de dados. No que diz respeito a banco de dados, os candidatos devem saber os principais conceitos da teoria relacional e também aspectos práticos, como a instalação, configuração e administração. Na bibliografia não há referência a nenhum banco de dados específico, como o Microsoft SQL Server ou o Oracle.

Além do conhecimento em banco de dados, a prova também apresentou questões de lógica, rede, infra-estrutura, programação e gerenciamento de projetos. A elaboração da prova ficou a cargo do CESPE/UnB, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília.

Neste artigo será apresentada a correção das questões com conteúdo de banco de dados da prova para a carreira de Analista de Sistemas Júnior, com especialidade em infra-estrutura. As questões são apresentadas, corrigidas e comentadas junto com o gabarito oficial.

Questões da prova

No que se refere a bancos de dados, julgue os próximos itens.

 

74) No comando create table do SQL, a cláusula primary key inclui a lista dos atributos que constituem a chave primária; a cláusula unique, a lista dos atributos que constituem uma chave candidata; e uma cláusula foreign key, tanto a relação dos atributos que constituem a chave estrangeira quanto o nome da relação à qual a chave estrangeira faz referência.

 

Gabarito: CERTO

Comentário: Esta questão cobra do candidato os conhecimentos básicos de bancos de dados utilizados durante a escrita do comando create table do SQL. A questão afirma corretamente que a cláusula primary key é a chave primária de uma tabela, pois a definição desta cláusula diz que todos os atributos que identificam unicamente uma linha de uma tabela compõem a chave primária.

Em seguida, a questão define a cláusula unique, que faz com que todos os valores de um determinado atributo da tabela sejam únicos.  Devido a esta característica, todos os atributos que possuírem a cláusula unique também podem ser chamados de chaves candidatas.

Por fim, a questão descreve corretamente a cláusula foreign key, descrevendo-a como a cláusula que apresenta a relação de atributos que compõem a chave estrangeira da tabela e também à relação na qual a chave estrangeira se refere, indicando quais atributos da tabela relacionada devem ser utilizados.

Esta questão não apresenta muita dificuldade para o candidato que possui sólidos conhecimentos dos fundamentos de bancos de dados. Apesar de conter apenas afirmações corretas, a definição de chave estrangeira deveria incluir a indicação do nome dos atributos de ambas as tabelas que fazem parte do relacionamento, ao invés de apenas o nome da relação à qual a chave estrangeira faz referência.

 

75) Uma tabela R está na forma normal boyce-codd (BCNF) se, para toda a dependência funcional

X ? A, X é uma chave primária. Se uma tabela está na forma normal BCNF, está também na segunda forma normal, mas não na terceira forma normal (3NF).

 

Gabarito: ERRADO

Comentário: Esta questão cobra do candidato os conhecimentos sobre dependência funcional e sobre as formas normais utilizadas na normalização de um modelo de dados. Recapitulando os principais conceitos:

Uma estrutura de dados encontra-se na segunda forma normal (2FN) se já estiver na primeira forma normal (1FN) e se todas as suas colunas que não são chave primária não apresentarem a anomalia da dependência funcional parcial em relação à chave primária. A anomalia da dependência funcional parcial ocorre quando a chave primária é composta por dois ou mais atributos (colunas), e outros atributos não chave dependem apenas de parte dessa chave primária. Na questão, existe uma dependência funcional de A para X, porém esta dependência não é parcial, pois a forma normal BCNF garante que X é uma chave primária. Conseqüentemente a afirmação de que se uma tabela está na forma normal BCNF está também na segunda forma normal está correta.

Uma estrutura de dados encontra-se na terceira forma normal (3FN) se já estiver na segunda forma normal (2FN) e se não existir a anomalia da dependência transitiva ou indireta entre um atributo e a chave primária. Portanto, uma estrutura de dados estará na terceira formal normal (3FN) se todos os seus atributos dependerem funcionalmente apenas da chave primária e de nenhum outro atributo. Quando uma estrutura está na forma normal BCNF ela também está na segunda forma normal (2FN), porém nada garante que ela esteja também na terceira forma normal (3FN), pois com o que foi indicado no enunciado não há como saber se existe alguma dependência transitiva ou indireta entre algum atributo e a chave primária. Ou seja, com os dados apresentados no enunciado não se pode afirmar que a tabela está ou não está na terceira forma normal (3FN), pois precisaríamos de mais informações para chegar a esta conclusão.

Como uma parte da questão apresenta uma afirmação correta e outra parte apresenta uma afirmação incorreta, a questão deve ser classificada como errada. 

 

Considerando as Tabelas 1, 2, 3, 4 e 5 e os comandos SQL 1, 2 e 3 apresentados nas Listagens 1, 2 e 3, respectivamente, julgue os itens seguintes.

 

CPF

Nome

Telefone

123

Francisco

1212

234

Fabio

2323

345

Maria

3434

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?