DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Este é um post disponível para assinantes MVP
Este post também está disponível para assinantes da SQL Magazine DIGITAL
ou para quem possui Créditos DevMedia.

Clique aqui para saber como acessar este post

1) Torne-se um assinante MVP e por apenas R$ 69,90 por mês você terá acesso completo a todos os posts. Assinar MVP

2) Adquira Créditos: comprando R$ 180,00 em créditos esse post custará R$ 1,20. Comprar Créditos

post favorito     comentários

Artigo SQL Magazine 5 - Java - Store Procedures no Oracle

Artigo da Revista SQL Magazine edição 05.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

Atenção: por essa edição ser muito antiga não há arquivo PDF para download.
Os artigos dessa edição estão disponíveis somente através do formato HTML.

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Java Stored Procedures no Oracle - Parte II

        A primeira parte deste artigo explorou a utilização do Java no Oracle em três etapas: implementação da classe Java; importação do arquivo fonte ou da classe compilada para o banco de dados e criação das procedures que chamam os métodos da classe.

            O objetivo deste artigo é mostrar a importação dos objetos Java sem o uso dos utilitários loadjava e dropjava, vistos anteriormente. Também veremos como verificar se o suporte a Java está corretamente instalado no servidor Oracle.

Utilizando DDL para criação de Objetos Java  

            Os comandos SQL para esse fim são CREATE, ALTER e DROP JAVA SOURCE/CLASS. Sua sintaxe resumida é a seguinte:

CREATE [OR REPLACE] AND RESOLVE

JAVA {CLASS / SOURCE  NAMED nome_da_classe}

{USING BFILE (directory_object, nome_do_arquivo) / AS código_da_classe}; 

ALTER JAVA {CLASS / SOURCE} “nome_da_classe” RESOLVE;

DROP JAVA {CLASS  / SOURCE} “nome_da_classe”; 

Onde:

§         CLASS/SOURCE – Especifica se o objeto a ser manipulado é uma classe compilada (CLASS) ou um arquivo fonte (SOURCE);

§         Nome_da_classe - É o nome da classe a ser importada;

§         USING BFILE (directory_object, nome_do_arquivo) – O objeto Java pode ser criado a partir de um arquivo de código-fonte ou de um arquivo de classe compilado. Para isso, é necessário indicar neste parâmetro o nome do arquivo e o diretório que o contém.

§         código_da_classe – Se BFILE não for utilizado, podemos inserir o código Java diretamente neste parâmetro.

Considerações Gerais: 

§         Nos comandos ALTER e DROP JAVA o valor do parâmetro “nome_da_classe” tem que ser escrito entre aspas. Nesse caso, a caixa deve ser respeitada;

§         O comando ALTER JAVA é utilizado para forçar a compilação de um objeto do tipo SOURCE ou realizar o resolve de um objeto do tipo CLASS. Um resolve verifica se todas as dependências da classe estão disponíveis. Se a classe for alterada, deve-se executar o comando CREATE OR REPLACE JAVA novamente. "

A exibição deste artigo foi interrompida

Este post está disponível para assinantes MVP.



Gustavo Viegas é editor da SQL Magazine, analista de sistemas sênior e consultor na CM Soluções Informática no Rio de Janeiro. Desenvolvendo projetos multi-camadas, multi-banco de dados (Oracle, DB2, SQL Server, Interbase e Postgr [...]

O que você achou deste post?
Publicidade
Serviços

Mais posts