Artigo SQL Magazine 57 - Desafio de SQL

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo publicado Revista SQL Magazine 57.

Esse artigo faz parte da revista SQL Magazine edição 57. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

imagem_pdf.jpg

Desafio SQL Magazine

 

Integridade de dados e performance, duas premissas para qualquer sistema! E o DBA é co-responsável nesta tarefa.

Como temos visto nos últimos meses, a ItsMyBusiness apresenta um crescimento fantástico e, conseqüentemente, a quantidade de informações geradas e armazenadas no BD acompanham este crescimento.

No desafio deste mês, Wagner Crivelini convida você a resolver um dos principais problemas de performance e integridade de dados que a empresa enfrenta neste momento.

E caso você tenha um desafio que gostaria de compartilhar conosco, envie sua sugestão para webeditor@sqlmagazine.com.br

 

Ricardo Rezende

Editor técnico

 

Este é mais um capítulo da história da empresa ItsMyBusiness, que vem sendo contada nesta coluna ao longo dos últimos meses.

Desde que implantou seu e-commerce, a ItsMyBusiness está vendendo num ritmo alucinante. Os negócios vão muito bem, mas o banco de dados da empresa também cresceu bastante nos últimos meses.

Em função disso, os funcionários da empresa que administram as vendas começaram a reclamar que o banco de dados está muito lento, que as informações não têm integridade, etc.

Um funcionário mais “entendido” em assuntos de TI chegou até a diagnosticar que o problema todo acontece porque a ItsMyBusiness usa o SGBD X, que não dá conta de um volume tão grande de transações diárias. A solução que ele recomendou foi trocar tudo pelo SGBD Y, que é reconhecidamente muito mais “parrudo”.

Parece piada, mas é impressionante a quantidade de “manés” que aparecem para dizer besteira quando se precisa resolver um problema sério. E eu não sei se é porque as empresas sempre têm uma legião de gente acessando seus SGBDs, mas sempre existe um bando de “entendidos” quando o tema é banco de dados.

O DBA recém-contratado da ItsMyBusiness (que, só para lembrar, é você) ouviu o palpite do “especialista” e decidiu pesquisar o assunto para tomar uma decisão bem estudada.

Descobriu que aquele diagrama que apresenta o esquema físico do banco de dados da empresa (Figura 1) é muito bonito no papel. Mas o DBA anterior simplesmente esqueceu de implementar as chaves primárias, chaves estrangeiras e índices nas tabelas do banco!"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?