Artigo SQL Magazine 66 - Administração Através de Políticas no SQL Server 2008

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo publicado Revista SQL Magazine 66.

Esse artigo faz parte da revista SQL Magazine edição 66. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Administração Através de Políticas no SQL Server 2008

 

De que se trata o artigo?

Utilização de políticas (DMF – Declarative Management Framework) para facilitar o gerenciamento do SQL Server 2008. Neste artigo é apresentado o funcionamento desta ferramenta e através de exemplos é demonstrada a sua versatilidade.

 

Para que serve?

Demonstrar a utilidade e o funcionamento desta nova ferramenta implementada no SQL Server 2008. Com ela é possível garantir o cumprimento das regras (padrões) estabelecidas pela empresa com o nível de intervenção necessário para cada situação.

 

Em que situação o tema é útil?

Esta ferramenta possibilita transferir para o banco de dados o controle de políticas estabelecidas pelas empresas, que normalmente exigem a verificação constante dos DBA.  

 

A nova versão do banco de dados da Microsoft trouxe uma série de novidades para os administradores do SGBD, tais como uma melhor interface para diagnosticar problemas de desempenho, auditoria do banco de dados, administração dos recursos de memória e CPU utilizados pelos usuários e também a possibilidade de administrar o banco de dados utilizando políticas. Neste artigo será apresentado como utilizar este poderoso recurso também conhecido como DMF (Declarative Management Framework).

Quantas vezes nos deparamos com situações nos SGBDs corporativos onde encontramos novos bancos de dados criados fora dos padrões estabelecidos em reuniões com as equipes de desenvolvimento e de DBA’s, tais como: shrink do banco de dados automático, tabelas criadas sem respeitar o prefixo estabelecido de nome, sem contar backups que não são executados.

Este novo recurso do SQL Server tem o objetivo de auxiliar nestas e em muitas outras situações, impedindo ou avisando quando elas ocorrerem, ou auditando conforme agendamentos feitos no servidor.

Além disso, vemos seguidamente em sites de especialistas em SQL Server, checklists de atividades que devem ser executados para a manutenção do servidor, com tarefas diárias, semanais, mensais; este recurso irá auxiliar na execução destas tarefas, muitas vezes automatizando-as.

A implementação das regras é realizada em duas etapas principais:

 

1.      Condição:

·         Criar uma condição que identifica o que será testado, por exemplo, todas as tabelas devem iniciar com o prefixo “RH”;

2.      Diretiva:

·   Estabelecer o escopo do teste, por exemplo, definindo quais os bancos de dados que devem ser testados;

·   Quando a condição será testada;

·   Ação que deverá ser realizada quando a condição for verdadeira. No caso da condição ser falsa, simplesmente não será executado nenhum procedimento pelo SQL Server.

 

Nesta matéria veremos como criar algumas regras e uma parte das diversas possibilidades que o DMF oferece. Também será explicado como organizar as políticas em categorias para facilitar sua administração.

O ambiente

A administração das políticas tanto pode ser feito através de instruções SQL, como pela ferramenta de administração do SQL Server Management Studio. Nesta matéria iremos apresentar somente a utilização da ferramenta de administração.

Na Figura 1 vemos a ferramenta com as suas opções abertas, são três pastas: Facetas, Condições e Diretivas.

 

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?