Artigo SQL Magazine 73 - Administrando o SQL Server com uma Ferramenta Web

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

O artigo apresenta uma solução para gerenciamento de bancos de dados do SQL Server a partir de uma ferramenta que utiliza a Web como plataforma de execução, chamada SQL Server Web Data Administrator. O artigo descreve como instalá-la, configurá-la e utilizá-la para o gerenciamento de um banco de dados.

Atenção: esse artigo tem um vídeo complementar. Clique e assista!

[lead]

De que trata o artigo:

O artigo apresenta uma solução para gerenciamento de bancos de dados do SQL Server a partir de uma ferramenta que utiliza a Web como plataforma de execução, chamada SQL Server Web Data Administrator. O artigo descreve como instalá-la, configurá-la e utilizá-la para o gerenciamento de um banco de dados.

Para que serve:

Gerenciar bancos de dados é sempre um desafio. Problemas não escolhem hora para ocorrer. Nesse contexto, ter conhecimento de uma ferramenta que possibilita o gerenciamento de banco de dados através da Web é bastante importante, pois permite a intervenção de um DBA, quando necessário, sem a obrigação de estar fisicamente presente no servidor. Com isso, ganhamos em praticidade e tempo para gerenciamento de bancos de dados no SQL Server.

Em que situação o tema é útil:

Este tema se torna útil para profissionais e empresas que precisam de um gerenciamento instantâneo de seus bancos de dados no SQL Server, e que podem usufruir dos recursos de uma ferramenta que possibilita o gerenciamento de bancos de dados através da Web, possibilitando o gerenciamento remoto dos bancos de dados do SQL Server.[/lead]

Iniciaremos este artigo fazendo uma pergunta: alguma vez você teve a necessidade de administrar um servidor ou instância do SQL Server utilizando uma ferramenta que pudesse funcionar a partir de um browser? E se eu lhe disser que esta ferramenta existe? E o melhor, que ela é totalmente grátis?

Pois bem, é verdade que pouca gente sabe, mas ainda na época do SQL Server 2000 a Microsoft disponibilizou uma ferramenta chamada “SQL Server Web Data Administrator” que tinha, ou melhor, tem como objetivo permitir que você execute tarefas administrativas em um servidor SQL Server utilizando, por exemplo, o Internet Explorer ou Mozilla Firefox e podendo assim acessar a ferramenta de qualquer estação da sua rede. Na verdade, como é uma ferramenta Web, você pode acessá-la até remotamente, basta que para isso você tenha acesso à rede interna da sua empresa através da internet.

No artigo de hoje será apresentada esta ferramenta, descrevendo passo-a-passo como realizar sua instalação e configuração, alguns de seus principais recursos e como usá-la para executar algumas tarefas básicas de administração.

[subtitulo]Conhecendo o SQL Server Web Data Administrator[/subtitulo]

O SQL Server Web Data Administrator é uma ferramenta desenvolvida em ASP.NET e teve sua primeira versão liberada em Abril/2004 no próprio site de download da Microsoft. A primeira versão funcionava apenas com SQL Server 7 ou SQL Server 2000, e era uma excelente alternativa para usuários que possuíam o SQL Server 2000 Desktop Engine (MSDE 2000), isso porque diferente das demais edições do SQL Server 2000, a edição Desktop Engine não possui nenhuma ferramenta administrativa.

Com a chegada do SQL Server 2005, uma nova versão da ferramenta passou a ser desenvolvida e disponibiliza através do site CodePlax e agora também pode ser utilizada para executar tarefas básicas de administração em qualquer edição do SQL Server 2005.

Como você verá no decorrer deste artigo, a instalação da ferramenta é bastante simples e uma vez configurada permite que você execute tarefas como:

· Criar e editar bancos de dados no SQL Server 7/2000 e 2005 ou Microsoft SQL Server 2000 Desktop Engine (MSDE 2000) e SQL Server 2005 Express.

· Criar e executar consultas (queries) ad-hoc sobre os bancos de dados e salvá-las em seu disco rígido.

· Executar comandos Transact-SQL.

· Exportar e importar dados e estruturas de objetos.

· Gerenciar logins, usuários e papéis (roles).

· Criar, editar, renomear e excluir tabelas.

· Criar, editar e excluir stored procedures.

· Visualizar e editar as propriedades dos bancos de dados.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?