DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Este é um post disponível para assinantes MVP
Este post também está disponível para assinantes da Mobile magazine DIGITAL
ou para quem possui Créditos DevMedia.

Clique aqui para saber como acessar este post

1) Torne-se um assinante MVP e por apenas R$ 69,90 por mês você terá acesso completo a todos os posts. Assinar MVP

2) Adquira Créditos: comprando R$ 180,00 em créditos esse post custará R$ 1,20. Comprar Créditos

Mobile Magazine 28 - Índice

Artigo Web Mobile 28 - Desenvolva uma aplicação móvel de localização com Google Maps

O artigo apresenta a utilização da API Google Static Maps para obter mapas a partir de um endereço. Como cliente destas requisições será utilizado um aparelho celular, o qual executa uma aplicação Java ME. Esta aplicação móvel, após receber o endereço desejado pelo usuário, o converte em geocódigos (latitude e longetude), acessando a API Google Static Maps, o qual retorna uma imagem correspondente ao mapa desejado.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo
Java Mobile
Desenvolva uma aplicação móvel de localização com Google Maps
Aprenda a desenvolver um aplicativo com Java ME no qual o usuário pode baixar mapas


De que trata o artigo:
O artigo apresenta a utilização da API Google Static Maps para obter mapas a partir de um endereço. Como cliente destas requisições será utilizado um aparelho celular, o qual executa uma aplicação Java ME. Esta aplicação móvel, após receber o endereço desejado pelo usuário, o converte em geocódigos (latitude e longetude), acessando a API Google Static Maps, o qual retorna uma imagem correspondente ao mapa desejado. Dessa maneira, o leitor terá condições de construir software com recursos de geolocalização, podendo este ser facilmente integrado com o GPS existente nos aparelhos celulares mais modernos.

Para que serve:

Para apresentar os principais recursos da API Google Static Maps, permitindo que o leitor conheça os conceitos de geolocalização, bem como sua utilização em aparelhos celulares.

Em que situação o tema é útil:

Na utilização da API Google Static Maps, tanto nos acessos via aparelhos celulares, como em acessos originados por outros clientes (browser, desktop, etc.).
Atualmente existe uma grande procura por novos meios de localização e mapeamento digital. Seguindo essa tendência, foram lançados no mercado inúmeros sistemas e aparelhos que atendem a essa crescente demanda, dentre eles localizadores automotivos e GPS’s veiculares. Entretanto, o maior destaque do segmento é o portal de informações Google Maps, desenvolvido e mantido pela Google, o qual revolucionou a internet ao disponibilizar a busca de mapas rodoviários e de satélites, o qual provê a localização de países, estados, cidades e ruas de forma gratuita aos internautas.
Algum tempo depois foi lançado pela mesma empresa o Google Maps API, que consiste basicamente de um conjunto de bibliotecas que proporcionam ao desenvolvedor acesso a serviços disponibilizados pelo Google Maps. Através dela é possível construir aplicativos que façam uso tanto da busca quanto da visualização dos mapas.
Em paralelo a essa evolução surgiram também os novos aparelhos celulares 3G, que possibilitam acessar a rede da operadora a alta velocidade, sendo possível acessar recursos que antes só estavam disponíveis em computadores pessoais.
Dado ao elevado poder de processamento dos novos celulares, apresentou-se a possibilidade destes acessar mapas digitais, facilitando a vida dos usuários da tecnologia que costumam viajar para novas cidades, e que desejam localizar endereços ou apenas gostam de usufruir das vantagens que a tecnologia proporciona.
O que são Geocódigos
Para melhor compreensão do funcionamento de mapeamento e geo-localização, é conveniente entender mais a fundo como funcionam e os principais conceitos envolvidos para se determinar uma posição específica sobre a Terra.
    Geocódigo é uma padronização para medições de coordenadas geográficas no globo terrestre. Uma posição terrestre é referenciada em relação ao equador, ao meridiano de Greenwich e à altitude em relação ao nível do mar. Essa informação traduz-se por três números: a latitude, a longitude e a altitude (geocódigos). A Figura 1 apresenta graficamente estas informações.

   
Figura 1. A primeira figura representa a latitudo, sendo médida em graus, minutos e segundos, sendo o equador 0 graus. A segunda figura é a longetude, também medida em grus, minutos e segundos, sendo que o zero graus está no meridiano de Greenwich. A terceira figura representa a altitude, medida em metros.
Conversões de Geocódigos
Normalmente os valores de latitude e longitude são apresentados em graus, minutos e segundos. No entanto, essas coordenadas são agora amplamente utilizadas por sistemas computacionais, como é o exemplo do GoogleMaps, e por conveniência, optou-se por utilizar o formato decimal. Por exemplo, a localização da cidade de Renascença, PR no formato padrão é:

Latitude: -26° 9' 22"
Longitude: -52° 57' 26"

Se aplicada à fórmula:

 

Tem-se a seguinte coordenada decimal:

Latitude: -26.156259
"

A exibição deste artigo foi interrompida

Este post está disponível para assinantes MVP.

O que você achou deste post?
Serviços

Mais posts