Artigo Webmobile 3 - Desenvolvimento PalmOS

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo publicado pela revista WebMobile edição 3

 

Esse artigo faz parte da revista WebMobile edição 3. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

WM03_capa.JPG

imagem_pdf.jpg

Desenvolvimento PalmOS

 

Objetos Visuais no PocketStudio

Na edição anterior, vimos uma introdução ao desenvolvimento PalmOS e ao PocketStudio, a ferramenta de desenvolvimento Palm mais usada no Brasil na atualidade. No exemplo que criamos, utilizamos vários objetos visuais do PalmOS. Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre o desenvolvimento de aplicações usando esses tipos de objetos, como Alerts, Buttons e Labels dentre outros.

Objetos visuais no PalmOS

O conjunto de objetos visuais nativos do sistema operacional PalmOS não é extenso como no Windows. Existem poucos objetos visuais e muitas vezes operam com características diferentes do que estamos acostumados no desenvolvimento Windows. Por exemplo, o objeto Field (campo de edição) não tem algumas propriedades como máscara e cor e alguns eventos como o OnChange (existe um evento OnChange, mas não está relacionado ao mesmo modo de operação que existe nos objetos no Windows). Certamente muitos desenvolvedores sentirão falta de alguns objetos que estão acostumados a utilizar, como TreeView, ListView entre outros.

No entanto, algumas propriedades em objetos ou mesmo a falta de alguns objetos visuais comumente utilizados em ambiente Windows podem não fazer falta no PalmOS. Aliás, acredito que esse seja um dos motivos pelo qual os desenvolvedores escolhem o Palm para escrever aplicações: a simplicidade. O uso de menos objetos visuais leva a uma menor complexidade e mais padronização, pois todas as aplicações terão o mesmo tipo de funcionamento, diferente do desenvolvimento Windows, onde muitos componentes de terceiros são acrescentados à interface visual dos sistemas. Nesse caso, a mudança de versão da ferramenta de desenvolvimento impacta diretamente no upgrade dos componentes de terceiros também.

Simplicidade não implica em obsolescência ou em menor aplicabilidade da plataforma, pelo contrário, qualquer tipo de aplicação em tecnologia móvel pode ter como ferramenta os equipamentos Palm, desde aplicações básicas de coleta de dados até aplicações que acessam dados remotamente, on-line e em tempo real. Tudo isso pode ser feito com os equipamentos Palm, com muita qualidade!

Por ser simples e utilizar o mesmo conjunto de objetos visuais em todas as versões do sistema operacional, o Palm permite compatibilidade entre versões, onde uma aplicação pode funcionar em qualquer Palm, desde os mais antigos, preto-e-branco, até os modelos mais novos, com processadores velozes e com milhares de cores. E para isso não é necessário nem mesmo fazer a recompilação do executável, desde que não sejam utilizados recursos específicos de um equipamento, como a câmera que acompanha alguns modelos.

Objetos visuais nas units do PocketStudio

No PocketStudio, cada formulário é gerado em uma unit .PAS individual e o código dos objetos visuais de cada formulário é gerado em sua própria unit. À medida que os objetos visuais são modificados no editor de formulários, o código de declaração do objeto visual é modificado automaticamente no código. Para comprovar isso, basta que você mude o nome de um objeto visual e confira sua declaração no código da unit, utilizando a tecla F12 e procurando a entrada resource, localizada no início da unit, logo após a cláusula implementation. A Figura 1 mostra um exemplo dessa declaração.

 

image001.png

Figura 1. Declaração dos objetos visuais na unit do formulário.

É possível também alterar as propriedades dos objetos visuais diretamente na sua declaração, no código da unit, e ela será imediatamente refletida no editor de formulários. Se for necessário, é possível também utilizar os recursos de copiar e colar do Windows para copiar objetos de uma unit para outra, diretamente no código da declaração do objeto. Ao editar visualmente o formulário, as declarações dos objetos são colocadas automaticamente pelo PocketStudio.

Alerts

Alerts são “caixas de diálogo” que o desenvolvedor utiliza para mostrar uma mensagem ao usuário. Existe um comando no PocketStudio chamado ShowMessage(‘Mensagem’) que apresenta uma caixa de diálogo padrão, mas é interessante que o desenvolvedor crie suas caixas de diálogo personalizadas. Veja na Figura 2 um exemplo de uma caixa de diálogo.

 

image003.png

Figura 2. Alert com dois botões solicitando confirmação.

Para criar um novo Alert, localize na barra de componentes do PocketStudio a aba Alert. Há quatro objetos disponíveis que representam os tipos de Alerts que podem ser criados, mostrados na Figura 3.

 

image005.png

Figura 3. Tipos de Alerts disponíveis no PalmOS.

Respectivamente, os tipos de Alert são: Confirmação, Erro, Informação e Aviso. Na realidade, o funcionamento de todos os tipos de Alert mostrados anteriormente é exatamente igual, são caixas de diálogo que exibem uma mensagem, um ou mais botões e que retornam o índice do botão selecionado pelo usuário. A única diferença entre eles é o ícone que aparece na caixa de diálogo.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?