ASP.NET e PostGreSQL - Artigo WebMobile Magazine 30

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Sem dúvida alguma, quando falamos de conexão com banco de dados em .net, temos disponível uma grande lista de databases suportado pela tecnologia. Entre eles temos o SQL Server, Oracle, MySQL, PostgreSQL e outros. Neste artigo será mostrado o provider NpgSQL, responsável pelo acesso a dados de um dos melhores banco de dados livre do mercado, o PostgreSQL.

ASP.NET e PostGreSQL

Acesso a dados utilizando o provider NpgSQL


Do que trata o artigo
Sem dúvida alguma, quando falamos de conexão com banco de dados em .net, temos disponível uma grande lista de databases suportado pela tecnologia. Entre eles temos o SQL Server, Oracle, MySQL, PostgreSQL e outros. Neste artigo será mostrado o provider NpgSQL, responsável pelo acesso a dados de um dos melhores banco de dados livre do mercado, o PostgreSQL.

Para que serve
A idéia do artigo é mostrar a você leitor, como trabalhar com o banco de dados PostgreSQL em uma aplicação ASP.NET, que é sem dúvida alguma, um dos melhores banco de dados do mercado. Neste artigo será mostrado as principais funcionalidades do mesmo. Operações CRUD, Trabalhar com Stored Procedures, Parâmetros, ObjectDataSource e etc.

Em que situação o tema é útil
Você que já trabalha com o PostgreSQL utilizando outras tecnologias, estará apto a trabalhar com ele utilizando a tecnologia .NET. Este artigo também é útil para aqueles que já trabalham com a plataforma .NET, e desejam migrar suas aplicações para PostgreSQL.

Resumo do DevMan
Sem dúvida alguma o SQL Server é um dos melhores banco de dados do mercado, e ainda possui integração nativa com a tecnologia .NET. Mas nem sempre é possível utilizar o SQL Server, principalmente quando a questão é o custo.  Neste artigo, primeiramente serão criados alguns exemplos simples, abordando as principais funcionalidades do provider. Em seguida criaremos uma classe de negócios, onde na mesma você terá os principais métodos de uma operação CRUD. Com isso temos a possibilidade de utilizar o ObjectDataSource, e ao mesmo tempo ganhar uma produtividade incrível, quando o assunto é manipular essas informações utilizando controles de dados do ASP.NET
"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?