Borland DevCon - USA - Report # 6 – Abertura do evento, KeyNote e mais Delphi 2006!

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Acompanhe em tempo real a cobertura exclusiva do maior evento do mundo para desenvolvedores Borland Delphi

Borland DevCon - USA

Report #6

KeyNote

 

Criado - 8 de Novembro de 2005 – 12:15 p.m. (local time)

Atualizado - 8 de Novembro de 2005 – 13:19 p.m. (local time)

 

Após os PreConference tutorials, começa oficialmente a maior conferência para desenvolvedores Borland Delphi do planeta!

Hoje pela manhã pontualmente as 9:00 hs tivemos o KeyNote de abertura do evento com o David I. Como de costume agradeceu a todos os desenvolvedores presentes no evento, calculo que em torno de mil pessoas.

 

DevCon2005RP6_Image001.JPG

David I

 

Foi bom também encontrar por aqui dois brasileiros, estava sentindo falta de falar a língua nativa de novo, está aqui o Daniel Polistchuck e Igor Freitas da Borland BR, amanhã Daniel vai apresentar uma palestra que estarei assistindo. Também encontrei mais algumas personalidades por aqui, o Dr.Bob apareceu.

Rick Jackson, Senior Vice President & Chief Marketing Officer, falou do crescimento da comunidade, lembrando que há um ano a Borland havia anunciado sua importante estratégia, o SDO (Software Delivery Optimization), que te por objetivo principal ajudar a empresas a maximizar o valor do seu negócio. Essa é a visão atual da companhia e que reflete claramente sua linha de produtos. “Transform” é o tema principal do evento deste ano. Rick anunciou um novo produto que a Borland está preparando, codinome "Maya", que será utilizado em conjunto com o CaliberRM para engenheria de requisitos.

 

DevCon2005RP6_Image002.JPG 

Rick Jackson

A seguir, David apresentou Tod Nielsen, Chief Executive Office da Borland (o novo CEO da Borland desde ontem, tendo entrado no lugar do Scott Arnold). Reforçou os objetivos da empresa e o que fazem dela uma grande companhia: foco no desenvolvimento de software, inovação, grandes produtos, e principalmente uma grande e leal comunidade de desenvolvedores. Agradeceu a comunidade pelo longo trabalho de anos. Durante sua apresentação, por várias vezes reforçou a missão da empresa: “Delivery business value to sucessfull project softwares”. Tod disse que os "desenvolvedores mandam no mundo" e o público foi ao delírio.

Durante o KeyNote, foram anunciados os clientes e parceiros do ano:

Customer of the year (foram dois): Cintas Corporation e Visa International Asia Pacific

Partner of the year: EDS

Technology Partner of the year (foram quarto): AutomatedQA Corporation, Raize Software, Advantage DataBase Server e BuildForge

Depois, David I perguntou: Vocês querem ver código? Querem ver código “Java”? Poucos “Yes”, claro, porque 99% dos que estão aqui são Delphianos :) A pergunta foi feita para introduzir a apresentação de Charles Overbeck & Ken Chan, engenheiros do JBuilder. Mostraram alguns novos interessantes recursos da IDE do JBuilder, como recursos para Peer Programming, para desenvolvimento colaborativo. Mostrou duas máquinas diferentes trabalhando “conectadas” no mesmo editor. Em outro exemplo, um desenvolvedor recebia uma “exception” e enviava a Stack Trace para o outro (“peer debugging”). Em bdn.borland.com/article/0,1410,33299,00.html você pode encontrar exemplos de como usar esse recurso.

Agora sim, David I: Quem quer ver código Delphi / C++? A pergunta com Delphi/C++ é porque agora o C++ está integrado na mesma IDE do Delphi 2006. Muitos aplausos e “Yes”, entrando em cena agora o Michael Swindell, Director of Product Management. Michael lembrou que o BDS (Borland Developer Studio) é o resultado de um grande esforço e trabalho, um sonho realizado que estava planejado há anos: ter uma IDE “core” que oferece suporta a múltiplas linguagens (personalidades, como chamamos). O nome do projeto era Galileo, para quem lembra, conforme comentei em reports anteriores.

Várias tecnologias são agora suportadas na mesma IDE,conforme reforçou Michael. Abaixo as tecnologias suportadas em cada personalidade:

 

VCL – C++ e Delphi Win32

WinForms – Delphi for .NET e C#

IW – Delphi for .NET, Delphi Win32 e C++

ASP.NET – Delphi for .NET e C#

IBX, BDE, DBX, ADO – Delphi Win32, Delphi for .NET e C++

BDP, ECO – Delphi for .NET e C#

 

Michael destacou os objetivos do BDS 2006:

 

  - Ajudar desenvolvedores a escrever código com mais rapidez e eficiência;

  - Melhorias na qualidade e performance da IDE;

  - Desenvolvimento Enterprise para .NET (ECO) e foco em desenvolvimento em equipe;

 

Apresentou em linhas gerais as novas características da IDE do BDS 2006:

 

  - VCL Guidelines

  - Live Templates

  - Block Completion

  - Muitos novos Refactorings (inclusive para C++)

  - Novo Memory Manager, usando tanto internamente pela IDE quanto externamente pelas aplicações

  - Suporte a Bug Fixes com o Quality Central (qc.borland.com)

  - IDE mais rápida

  - ECO vem agora em todas as distribuições do Delphi (muitos aplausos aqui)

  - Data Explorer para dbExpress, faz tudo o que o Data Explorer para BDP do Delphi 2005 faz, incluindo export/import e migração de dados, criação de tabelas direto na IDE, visualização de dados, criação de componentes simplesmente como Drag & Drop;

  - BDP Connection Pool (muitos aplausos aqui)

  - BDP SQL Tracing

  - BDP and DataHub Error Reconcile Error (algo semelhante a janela de Reconcile Error disponível no Object Repository, para ser usada no OnReconcileError do ClientDataSet, porém para BDP);

  - Drivers atualizados para BDP e dbExpress

  - Integração com ferramentas do CodeSDP, incluindo StarTeam, CaliberRM e Together

  - Together “Full” para Delphi e C#

  - Live Source – trocas no código refletem no modelo, e vice-versa (muitos aplausos)

  - Design Patterns

  - Auditorias e Métricas de código

  - Diferentes tipos de inicialização da IDE (ícones no Iniciar), dependendo da personalidade

 

Nota: Veja meu report anterior para saber como utilizar todos esses recursos na nova IDE.

 

DavidI mostrou então o C++Builder no BDS 2006, as opções de Build Configurations, suporte a “eventos” para Pre e Post Build. Lembrou que agora tanto C++ e Delphi usam a mesma VCL. Mostrou os novos componentes TGridPanel e TFlowPanel para VCL, para auxiliar no design de layouts semelhante ao que temos em Java e HTML. Novamente apresentou os VCL GuideLines. Demonstrou o uso do StarTeam integrado ao BDS, colocando um projeto no servidor e adicionando os arquivos, fazendo controle de versão (Version Control) integrado. O CaliberRM também está integrado na IDE, permitindo fazer traceability e linkar por exemplo códigos e requirements.

Allen Bauer mostrou um “preview” legal de alguns recursos do editor de código da IDE. Live Templates, por exemplo. Colocou um Case para um tipo enumerado, ao pressionar tab, a IDE completa os tipos no Case (muitos aplausos). Também adiciona ‘+’ na quebra de strings em linhas (muitos aplausos). A IDE injeta muito código a partir de agora, como declarações de classes, blocos try finally completos, com T(Classe).Create, finally, TClasse.Free etc.

Michael Swindell fez um demo no ECO. O ECO pode gerar todo o schema do banco de dados a partir do diagrama de classes. Algo que chamou bastante atenção e o pessoal gostou muito, foi o recurso de Auto Forms para ECO ASP.NET, que permite gerar automaticamente a User Interface e controles de tela para Web (já existia antes para Windows Forms).

Agora começam as sessões! Até mais!

 

Nota: Neste exato momento a Borland caba de publicar o Roadmap oficial do Delphi, veja mais informações em http://bdn.borland.com/article/0,1410,33383,00.html

  

Guinther Pauli

Editor Geral Revista ClubeDelphi

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?