Caching com Microsoft AppFabric - Revista .Net Magazine 105

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Esse artigo explora o Windows Server AppFabric e no final apresenta um exemplo de como utilizar os recursos oferecidos pelo AppFabric Caching, que permite criar aplicações que utilizam e armazenam dados em memória com o uso de APIs.

Artigo do tipo Tutorial
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre boas práticas.
Hosting e Caching com Microsoft AppFabric
O uso de cache, espaço alocado em memória para armazenar dados e aplicações invocadas com frequência, já é um método utilizado e comprovado que melhora de forma significativa o desempenho dos aplicativos. Sabe-se que a leitura e escrita em memória são mais rápidas do que a leitura e escrita em disco físico. No entanto, o limite de espaço em memória e volatilidade inerente dos dados armazenados são riscos que precisam ser calculados. Esse artigo explora o Windows Server AppFabric e no final apresenta um exemplo de como utilizar os recursos oferecidos pelo AppFabric Caching, que permite criar aplicações que utilizam e armazenam dados em memória com o uso de APIs que facilitam o desenvolvimento e administração dessas funcionalidades.

Em que situação o tema é útil
A criação de um ambiente robusto para hospedagem de aplicações baseadas em WCF e WF pode ser complexo e demorado. Mesmo utilizando os recursos já fornecidos pelo IIS/WAS para hospedagem de tais aplicações, a implantação, gerenciamento e monitoramento pode exigir um esforço considerável e em alguns casos até requer o desenvolvimento de soluções personalizadas ou procedimentos de configurações manuais para coleta de dados requerida para administração. Logo, o artigo se propõe a fazer a introdução do Windows Server AppFabric, que oferece alternativas para criar soluções fáceis e eficientes para enfrentar esses e outros desafios colocados diariamente para as equipes de desenvolvimento de software.

O Windows Server AppFabric estende os recursos do Windows Server, oferecendo hospedagem avançada, ferramentas para gestão e recursos de cache para aplicações Web e também serviços da camada intermediária. O AppFabric se divide em dois grandes recursos, o AppFabric hosting e caching. Os recursos do AppFabic hosting acrescentam ferramentas de gerenciamento de serviços no Internet Information Services (IIS), Windows Process Activation Services (WAS) e no .NET Framework 4. Em resumo, o AppFabric hosting inclui serviços adicionais para hospedagem e ferramentas de administração que facilitam a implementação, configuração e gestão de aplicações Web, além de serviços baseados em Windows Communication Foundation (WCF) e Windows Workflow Foundation (WF). Os recursos do AppFabric caching acrescentam APIs para distribuição de objetos em memória no Windows Server, permitindo o desenvolvimento de aplicações escaláveis e com alta performance.

É comum nos dias de hoje desenvolver serviços e expor funcionalidades que serão consumidas por entidades internas ou externas. No entanto, a coordenação desses serviços são um tanto quanto complexas, exigindo o uso de ferramentas adicionais que apoiam a administração e gestão desses serviços. Por outro lado, as aplicações modernas normalmente contêm em seu núcleo um componente que pode ser baseado em dados transacionais, como por exemplo, receber solicitações de um Web Site, em conjunto com a lógica de negócio altamente distribuída e que gerencie as transações através de uma camada intermediária.

Geralmente implantar, gerenciar e monitorar camadas de serviços intermediários pode ser bastante trabalhoso, além de exigir que os desenvolvedores implementem um ambiente complexo de hospedagem que requer a criação e implantação de soluções personalizadas para seus aplicativos. Por exemplo, não é surpresa para os desenvolvedores se eles forem invocados simplesmente para criar alternativas para monitorar o comportamento das aplicações, que muitas vezes podem ser apenas modificações manuais nos arquivos de configuração.

Contudo, o AppFabric pode ajudar a reduzir este esforço com ferramentas que simplificam a implantação de serviços e web applications, além de fornecer soluções personalizadas para monitoramento, gerenciamento e administração através da console do IIS e utilizando o AppFabric PowerShell. Além disso, podemos dizer que os desenvolvedores também estão cada dia mais sendo desafiados com requisitos que exigem o desenvolvimento de aplicações altamente escaláveis. E esses desafios não estão somente no âmbito das camadas de serviços intermediários, mas também nas aplicações Web, móveis e até nas de Windows Form (desktop). Por exemplo, um web site ou serviço que se torne popular e comece a ser consumido em alta escala, pode ser facilmente prejudicado com o acesso caro a dados, afetando significativamente o desempenho das funcionalidades.

Portanto, este artigo se propõe a apresentar alternativas simples e eficientes com o Window Server AppFabric para enfrentar os desafios citados ao sediar o uso de serviços nas camadas intermediárias e aplicações web escaláveis com alta disponibilidade.

O que é Microsoft AppFabric?

AppFabric é um conjunto de tecnologias integradas que fornece recursos que facilitam a construção, dimensionamento e gerenciamento de aplicações Web que serão hospedadas no IIS. O AppFabric também facilita aplicativos construídos com o ASP.NET, Windows Communication Foundation (WCF) e Windows Workflow Foundation (WF).

Introdução AppFabric Caching

O acesso a dados armazenados em memória apresenta um desempenho significativo em relação ao banco de dados tradicional. O uso de cache distribuído em memória não se limita a oferecer mais desempenho às aplicações, mas também escalabilidade. O Windows Server AppFabric funciona como um facilitador para dimensionar a escalabilidade em situações que a equipe de desenvolvimento não consiga escalar até sua necessidade.

Com o Windows Server AppFabric Caching, os dados são mantidos em memória, e ao invés de limitá-los a um nó do servidor, seu comportamento tem a capacidade de escalar para centenas de nós sob demanda e de forma integrada. Esta arquitetura distribuída em memória oferece uma possibilidade de criar cache dinamicamente escalável e com alta disponibilidade. Este cache permite o armazenamento de grande quantidade de dados na memória, obtendo melhor resultado de resposta das aplicações e serviços e tornando ambos mais confiáveis.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?