Colocando um servidor DataSnap à prova

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (19)  (1)

Neste artigo apresentaremos uma análise de performance e estabilidade da tecnologia DataSnap. As últimas versões do Delphi trouxeram mudanças e melhorias para a tecnologia que é a mais popular em softwares multicamadas para Delphi.

Artigo do tipo Exemplos Práticos
Recursos especiais neste artigo:
Artigo no estilo mentoring
Colocando um Servidor DataSnap à Prova

Neste artigo apresentaremos uma análise de performance e estabilidade da tecnologia DataSnap. As últimas versões do Delphi trouxeram mudanças e melhorias para a tecnologia que é a mais popular em softwares multicamadas para Delphi. A análise vai mostrar até que ponto a tecnologia é capaz de suportar aplicações com grande volume de requisições usando REST. Em eventos da comunidade Delphi, geralmente organizados pela Embarcadero, como a Delphi Conference e Webinars, a tecnologia DataSnap aparece como unanimidade entre os especialistas. É comum assistirmos palestras de profissionais que contam experiências fantásticas com essa tecnologia e recomendam-na para qualquer software Delphi. Contudo temos aqui uma análise que visa esclarecer até que ponto a tecnologia é realmente uma escolha óbvia para softwares Delphi e até onde a tecnologia atende as necessidades de um software grande. Essa análise foi motivada como estudo de viabilidade para um projeto de software. É importante fazer testes antes de começar a usar uma API. Não se pode escolher uma API que será responsável por toda comunicação entre as camadas do seu software sem ter total consciência do que ela é capaz de suportar. Há muito a ser avaliado na escolha de um framework desse tipo. É necessário assegurar-se que ele atende os requisitos de desempenho, estabilidade, escalabilidade e recursos que serão necessários no projeto. Mudar um framework pode ser extremamente complicado no meio de um projeto e muitas vezes é simplesmente inviável. É muito mais barato testar e conhecer o que você vai usar antes de colocar ele em seu projeto. Às vezes uma tecnologia parece excelente em uma primeira análise e mais tarde você percebe que não serve para o projeto.

Antes de adotar um framework, API, biblioteca, componente, faça testes de estresse e provas de conceito. Submeta a tecnologia ao máximo de estresse que for possível, encontre o limite dessa tecnologia, só assim é possível ter condição de avaliar se a tecnologia serve ou não para o seu projeto. É exatamente isso que fizemos com o DataSnap.


Em que situação o tema é útil
Quando se está avaliando a migração de um software Delphi que usa a estrutura cliente-servidor para multicamadas ou está preocupado com a escalabilidade e performance de seu software multicamadas.

O modelo cliente-servidor ainda é uma realidade para muitos softwares atuais. Este modelo atende bem a necessidade de softwares desktop, mas apresenta problemas a partir do momento em que se tem a necessidade de oferecer outras interfaces, como Web e Mobile. Ter diversas interfaces se conectando diretamente a uma base de dados traz grandes desafios que geralmente não compensam os riscos em softwares de grande porte. O mais indicado na maioria dos casos é mudar o software para um modelo multicamadas.

O modelo multicamadas nos permite separar diferentes partes do software tornando mais simples oferecer diversas interfaces para um único domínio de negócio. Um exemplo de um modelo multicamadas simples, pode ser representado por três camadas: base de dados, regras de negócio e interface. A camada onde se concentram as regras de negócio é uma camada servidora, que vai fornecer dados e serviços às camadas mais externas (interfaces).

Uma mudança no modelo da arquitetura pode oferecer muitos desafios. A adição de camadas em uma arquitetura geralmente acrescenta complexidade, principalmente, na camada de comunicação entre as camadas. Desenvolver um software servidor também possui particularidades que uma empresa acostumada a trabalhar somente com softwares desktop pode não estar preparada para enfrentar. Gerenciamento de memória e desenvolvimento multithread passam a ser cruciais. Vazamentos de memória podem não ser um grande problema em um software desktop, mas certamente será em um servidor. A análise detalhada neste artigo vai avaliar o gerenciamento de memória e threads de algumas APIs.

Para softwares Delphi, a tecnologia mais difundida para modelos multicamadas é o DataSnap, desenvolvido pela Embarcadero. As últimas versões do Delphi trouxeram grandes mudanças e melhorias.

Objetivos da análise

O objetivo dessa análise foi levar a tecnologia DataSnap ao seu limite. Descobrir seus limites nos permitiu avaliar com mais precisão quais requisitos a tecnologia é capaz de atender e quais os ambientes onde a tecnologia é recomendada.

Os testes realizados buscaram medir os índices de performance e estabilidade em ambientes críticos, com um alto número de requisições ao servidor.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?