Criando uma Aplicação com RAD 2010 e MySQL 5.1 - Parte 3

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (5)  (0)

Pequeno Tutorial sobre a criação de aplicativos usando o RAD 2010 com o MySQL 5.1 atravês dos componentes DBX.

Nesta parte do artigo irei mostrar como usar o componente DBX do RAD Studio 2010 para efetuar a conexão com o banco de dados MySQL Server 5.1.

 

Com o RAD Studio 2010 aberto vá em “File->New->VCL Forms Application – Delphi” para criar um novo projeto.



Agora vá em “File->New->Other” e na janela que se abre selecione em “Delphi Projects” a opção “Delphi Files” e no quadro a direita selecione “Data Module”. Veja exemplo abaixo:




No Data Module adicione os componentes TSQLConnection e  TSQLQuery da paleta dbExpress, e os componentes TDatasetProvider e TClientDataset da paleta Data Acess.



Após adicionar configure-os da seguinte forma:

 

TSQLConnection

ConnectionName         = MySQLConnection

Driver                          = MySQL

GetDriverFunc = getSQLDriverMYSQL

LibraryName               = dbxmys.dll

LoginPrompt                = false

VendorLib                   = libmysql.dll

 

Observação: Ao selecionar o ConnectionName como MySQLConnection, as outras informações serão selecionadas automaticamente, bastando apenas mudar a propriedade LoginPrompt para false.

 

Na propriedade “Params”, informe para HostName “Localhost”, para User_Name “root”, e para Password  informe a senha do do MySQL criada na configuração.




No componente TSQLQuery selecione na propriedade SQLConnection o componente de conexão, e no editor da propriedade SQL digite a “select * from cliente”.

Dê um Duplo clique no componente, e na seqüência clique com o botão da direita do mouse na janela que se abre e selecione “Add all fields” para selecionar os campos da tabela.



Clique no campo “ID” que representa a chave primaria da tabela, e na propriedade “ProviderFlags” mude a opção “pfInkey” para true;

Selecione os outros campos da tabela, e mude a opção “pfInWhere” para false.



 

No componente TDatasetProvider, na propriedade Dataset selecione o componente TSQLQuery, e em “UpdateMode” selecione “upWhereKeyOnly”.




Dê um duplo clique no evento OnGetTableName para criar um procedure e digite “TableName := 'CLIENTE';”.

 



No componente “TClientDataSet”, selecione na propriedade “ProviderName” o componente TDataSetProvider, e faça o mesmo procedimento que foi realizado para o componente TSQLQuery, para adicionar os campos da tabela e configurar a propriedade “ProviderFlags”.

 

Agora já com os componentes devidamente configurados, vá no evento “OnCreate” do DataModulo, e dê um duplo clique para criar uma procedure, e se seqüência digite os comando:

 

  try

    SQLConnection1.Connected := false;

    SQLConnection1.LoadParamsFromIniFile(ExtractFilePath(Application.ExeName) + 'dbxconnections.ini');

    SQLConnection1.Connected := true;

  except

    ShowMessage('Erro ao conectar base de dados. Verifique!');

    Application.Terminate;

  end;

 

E no evento OnDestroy digite o comando “  SQLConnection1.Connected := false;”.

 

Estas rotinas acima são para efetuar a conexão com o banco de dados, capturando as configurações do arquivo DbxConnections.ini em tempo de execução. Desta forma, poderemos alterar informações de conexão como, por exemplo, o nome do banco de dados, o usuário e a senha e até mesmo o endereço do banco de dados diretamente do arquivo.

 

Observação: Para que funcione o MySQL Server 5.1 com o RAD Studio 2010, é necessário copiar o arquivo “libmySQL.dll” localizado na pasta de instalação do MySQL (normalmente C:\Program Files\MySQL\MySQL Server 5.1\bin), para a pasta do windows System32.

Será necessário também enviar juntamente com o executável, uma copia dos arquivos “DbxConnections.ini” e “Drivers.ini” localizados normalmente em “C:\Users\Public\Documents\RAD Studio\dbExpress\7.0”.

 

Com isso concluímos a configuração da conexão com o banco de dados MySQL. No próximo artigo irei mostrar a criação da tela para cadastro de dados e também a criação de funções para efetuar o ”commit” dos dados.



 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?