Curso Interbase/Firebird - Parte 2 - Conceitos básicos sobre banco de dados

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (12)  (0)

Conceitos básicos sobre banco de dados

Conceitos básicos sobre banco de dados

Um banco de dados é uma coleção de tabelas inter-relacionadas, onde cada tabela armazena dados específicos. Banco de dados funciona como um contêiner de objetos, onde além de armazenar as tabelas e seus dados, pode conter índices e outros objetos para ajudar no gerenciamento dos dados.

Tabelas

O principal objeto de um banco de dados relacional é a tabela (Table). Um banco de dados pode conter diversas tabelas armazenadas, onde essas tabelas podem se relacionar entre si, contendo a habilidade de relacionar informações entre diferentes tabelas. Uma tabela é uma matriz de duas dimensões contendo colunas e linhas (Figura 2.1).

 

 

image001b.gif

 Figura 2.1. Tabela em um banco de dados relacional

Cada tabela do banco de dados é formada por linhas e colunas, onde cada coluna diz respeito a um campo da tabela e cada linha a um registro.

Colunas

Uma tabela pode ter uma ou mais colunas (Columns). Em um modelo relacional cada coluna é chamada de atributo. Em um banco de dados, uma coluna pode ser chamada também de campo (Field). Cada coluna pode armazenar um tipo diferente de dados. Normalmente a partir do nome dado a coluna, podemos identificar o tipo de dados armazenados nela. Como cada coluna pode armazenar um tipo diferente de informação, ela pode ser definida como um determinado tipo (Type).

Em um banco de dados relacional, uma coluna pode ser criada com diversos tipos diferentes, como texto, número, data, hora etc. Ao definir uma coluna como do tipo data (Date), por exemplo, os valores a serem armazenados nessa coluna serão validados para serem salvos sempre com o formato de uma data. Os dados contidos em cada coluna de um banco de dados relacional precisam ser consistentes de acordo com o tipo definido a cada coluna.

Em cada “célula” de uma coluna é permitida apenas uma instância de um determinado valor, por exemplo, você não pode criar uma tabela Cliente com uma coluna Telefone e armazenar mais do que um número de telefone para cada cliente dentro dessa coluna. Alguns usuários resolvem esse “problema” criando várias colunas para armazenar os telefones de cada cliente. Veremos nesse capítulo ainda, que esse tipo de solução gera vários outros problemas.

Em um banco de dados relacional o melhor caminho é criar uma nova tabela para armazenar os telefones de cada cliente cadastrado na tabela Cliente e fazer uma ligação entre as duas tabelas, criando um relacionamento do tipo um-para-muitos, isso é, um cliente pode ter vários telefones.

Linhas

Uma tabela pode conter várias linhas, onde cada linha representa um registro dessa tabela. Cada linha de uma tabela de um banco de dados relacional representa a instância dos dados de cada coluna trazendo os valores armazenados em cada atributo da tabela. "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?