DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
post favorito     comentários

Desenvolvendo uma aplicação CRUD com Desing Patterns – (parte 2)

Neste artigo faremos uma aplicação CRUD(Create,Read,Update and Delete), utilizando o ADO.NET. Iremos aprender de maneira simples e eficiente como realizar as operações fundamentais desta tecnologia que veio para facilitar a vida dos desenvolve

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

Desenvolvendo uma aplicação CRUD com Desing Patterns – (parte 2).

Entendo um FrameWork...

"O projeto é o rascunho do futuro." [Renard , Jules ]

Olá pessoal.

Este é o segundo artigo da série e vamos começar a implementar as boas práticas ao nosso projeto.

Vamos iniciar considerando o seguinte: Estamos criando uma aplicação para um E-Commerce. Nesta aplicação iremos ter toda a parte de consulta e validação de crédito, emissão de boleto bancário, consultas a mantenedora do cartão de crédito e outras operações relevantes. Caso precisássemos criar outra aplicação que tivesse ações parecidas, seria preciso criar tudo novamente?

O primeiro passo para solucionar este problema e dar reusabilidade para nossas classes, será a criação de um framework(quadro de trabalho), onde teremos as classes utilitárias que são necessárias para a “construção lógica” dos padrões utilizados. Este framework será um novo projeto que iremos referenciar para que, assim possamos utilizar seus recursos em nossas aplicações diárias.

A lógica por detrás de um framework é a criação de classes genéricas onde poderemos utilizar seus métodos em vários projetos de diferentes tipos. Pense o seguinte: “Em quais projetos irei realizar acesso a dados?”, “Em quais projetos irei precisar enviar email?” etc...

Sendo assim, você logo irá concluir quais são suas necessidades constantes.

Já imaginou se todas estas “necessidades” estivessem prontas só esperando para serem chamadas independentes do projeto...

A plataforma .NET permite a criação de DLLs que podemos compartilhar com múltiplos programas e interfaces tornando assim sua utilização um grande trunfo para o desenvolvedor.

Para isto iremos criar um projeto do tipo ClassLibrary onde iremos fazer a construção do framework. O próximo passo será salvar o projeto e em seguida selecionar no menu Principal a opção Build > Build Solution. Com isto estaremos criando a nossa DLL na pasta bin\Debug do projeto.

No próximo artigo iremos iniciar a construção de nosso FrameWork já aplicando os padrões de projeto com foco no C#.

Qualquer dúvida podem mandar por email.

vitormeriat@gmail.com

http://twitter.com/vitormeriat

“A sorte favorece as mentes bem trabalhadas...”

Até a próxima!!!



Cusando a faculdade de Bacharel em Sistemas da Informação, programador .NET há dois anos, trabalha atualmente na Corretora Seguros BRB em Brasília com a plataforma .Net e Arquitetura da Informação.

O que você achou deste post?
Conhece a assinatura MVP?
Publicidade
Serviços

Mais posts