Engenharia de Software - Graduação (bacharelado) em Engenharia de Software

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Este artigo apresenta uma proposta pedagógica de curso de graduação (bacharelado) em Engenharia de Software.

Esse artigo faz parte da revista Engenharia de Software 10 edição especial. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Educação

Engenharia de Software

Graduação (bacharelado) em Engenharia de Software

 

De que se trata o artigo:

Proposta pedagógica de curso de graduação (bacharelado) em Engenharia de Software. Noutras palavras, organização do curso (escritório de projetos e fábrica de software), disciplinas, instrumentos didáticos e outros.

Para que serve:

Permitir que profissionais em atuação discutam e forneçam orientações acerca de como se aprender Engenharia de Software. Tais profissionais sabem o que é relevante, como dominar esta área e assim por diante. Tradicionalmente, atuais profissionais são oriundos de cursos como Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Sistemas de Informação e outros como Matemática e engenharias, por exemplo. Em tais cursos, em geral, Engenharia de Software é tema de uma disciplina e, portanto, a área não é tratada adequadamente. 

Em que situação o tema é útil:

O ensino de Engenharia de Software pode ser considerado um fator importante e de grande impacto na capacidade de produção de software de um país. Portanto, este é um tema de interesse dos atuais profissionais, agremiações de empresas produtoras de software, além de instituições de ensino interessadas em iniciativas similares.

 

A educação em Engenharia de Software é, senão o fator de maior influência, um dos mais relevantes na capacidade de produção de software de um país. Neste artigo é apresentada uma proposta de formação de um perfil altamente qualificado para o desenvolvimento de software tanto para o mercado local quanto global. O egresso deste curso deve adquirir uma base sólida e sustentável para uma promissora carreira na indústria de software. O curso é inovador em vários aspectos ao adotar práticas mais efetivas para a formação do egresso e surge no contexto de uma comunidade formada por quase mil empresas de TI.

Contexto

Software é parte de praticamente todo e qualquer sistema moderno. Em conseqüência, a formação do profissional que produz tal objeto torna-se interesse de muitos, seja por questões éticas ou profissionais. Adicionalmente, a demanda existente por mão-de-obra qualificada tem crescido mais do que a oferta, o que comumente é apresentado como motivo de preocupação para o crescimento do setor em muitos países. Em Goiás há iniciativas em curso por meio do Arranjo Produtivo Local de Software, capitaneado pelo SEBRAE-GO e pela comunidade de empresas do setor, que engloba cerca de mil empresas. O objetivo é expandir a atuação das empresas deste grupo no valioso mercado de software. 

A definição e abertura do curso de Engenharia de Software contribui com estas iniciativas, e é insumo de outra que visa a elaboração de uma versão do curso a ser explorada completamente por meio da TV Digital.

O curso superior em Engenharia de Software forma bacharéis, ou seja, o egresso não é engenheiro. Embora não seja comum no Brasil, existe uma quantidade grande de cursos com este foco ao redor do mundo, onde o primeiro deles encontra-se em atividade desde 1985, no Imperial College (Londres) [1]. Houve significativo esforço para acomodar o que de melhor orientações da ACM [2] e IEEE Computer Society [3] oferecem, juntamente com normas internacionais, a análise de outros cursos similares pelo mundo, e a experiência do Instituto de Informática (responsável pelo curso) acumulada em mais de duas décadas de ensino superior e mais de uma dezena de especializações na área, além do curso de mestrado "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?