Entendendo os Requisitos de Software - Revista .Net Magazine 97

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

O artigo demonstra os conceitos dos tipos (por exemplo, os Funcionais) de requisitos de software. Estes requisitos são documentados em modelos padrões e refletem as necessidades dos clientes de softwares em resolver determinado problema

De que se trata o artigo

O artigo demonstra os conceitos dos tipos (por exemplo, os Funcionais) de requisitos de software. Estes requisitos são documentados em modelos padrões (que será explanado no decorrer do artigo) e refletem as necessidades dos clientes de softwares em resolver determinado problema em sua organização.

Em que situação o tema é útil

O tema é útil porque ajuda os analistas de sistemas a definir corretamente os requisitos de softwares. Estes requisitos, quando bem definidos, facilitam o entendimento do desenvolvedor e do testador de software, evitando assim, ambiguidade e sistemas implementados incorretamente.

Requisitos de Software

A primeira etapa para a construção de um sistema deve ser o entendimento daquilo que será desenvolvido, para que isso ocorra é necessário realizar levantamentos de requisitos de software. Os requisitos de software são definidos como uma funcionalidade ou condição que o sistema deve possuir, eles são classificados em vários tipos como: Funcionais, Não Funcionais, Domínio, Usuário, Sistema e Interface. Estes requisitos ao serem definidos são documentados em padrões existentes. Como exemplo podemos definir o modelo do IEEE/ANSI 830-1998, o modelo adaptado de Sommerville e o de Pressman.

Os requisitos de software são atributos que que desejamos implementar em um sistema. Eles refletem as necessidades dos clientes em relação ao software, por exemplo, cadastrar produtos, incluir pedidos ou consultar estoques.

Para obter a percepção detalhada daquilo que o sistema deve fazer, é recomendado utilizar um conjunto de técnicas de elicitação de requisitos, que visam obter do cliente informações necessárias para desenvolver o projeto de software. Essas técnicas podem envolver diferentes tipos de stakeholders, como: usuários, gerentes, desenvolvedores, especialistas de domínio e sindicatos.

Nota do DevMan

Stakeholders são os usuários envolvidos no sistema, como clientes, analistas de sistemas, desenvolvedores, testador de software, gerentes, entre outros.

As técnicas de elicitação de requisitos e sua compreensão pelos stakeholders são difíceis devidos alguns fatores, tais como:

· Os stakeholders na maioria das vezes não sabem o que desejam no sistema;

· Os stakeholders informam os requisitos de forma que o analista, por falta de conhecimento na área dos stakeholders, não compreende ou compreende de forma ambígua;

· Diferentes stakeholders compreendem os requisitos de maneiras diferentes;

· Fatores políticos e econômicos podem influenciar na especificação de requisitos para o sistema.

Sommerville (2007) apresenta um modelo de elicitação e análise de requisitos, o modelo segue conforme mostra a Figura 1.

Figura 1. Modelo de Elicitação de Requisitos

As atividades do modelo proposto são:

1. Obtenção dos requisitos: processo de interação com os stakeholders para a coleta de requisitos.

2. Classificação e obtenção de requisitos: coleta de requisitos não estruturados, agrupando-os e organizando de forma coerente.

3. Priorização e negociação de requisitos: processo de busca de conflitos de requisitos.

4. Documento de requisitos: processo em que os requisitos são documentados.

As técnicas de elicitação de requisitos poderão incluir a elaboração de questionários (para utilizar na entrevista), observação de comportamento, aprendizagem com o usuário, prototipagem, brainstorming, análise de texto e reutilização de requisitos:

· Entrevistas: as entrevistas com os stakeholders podem ser formais ou informais. Na entrevista, os stakeholders respondem um conjunto de perguntas elaboradas pela equipe de analistas de requisitos, na maioria das vezes as respostas dos stakeholders levam a abordar outros assuntos. As entrevistas são técnicas e, bem úteis, para proporcionar à equipe de analistas o entendimento de como será o sistema.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?