Guia Gestão de Projeto

Falta de maturidade no gerenciamento de projetos

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (4)  (0)

Este artigo apresenta a importância em se utilizar um processo definido no desenvolvimento de software, bem como identificar os riscos iminentes que assombram todo o ciclo de vida do projeto.

Artigo do tipo Teórico
Falta de maturidade no gerenciamento de projetos
Este artigo apresenta a importância em se utilizar um processo definido no desenvolvimento de software, bem como identificar os riscos iminentes que assombram todo o ciclo de vida do projeto. Serão considerados os riscos relacionados com atrasos nas entregas, ausência ou má gestão de gerência de configuração, insatisfação da equipe de desenvolvimento e insatisfação do cliente.

Em que situação o tema útil
Este artigo é útil para empregadores, funcionários de consultoria de TI e até mesmo clientes que interagem diretamente com as empresas na criação dos seus produtos para que seja dada a devida importância na existência de um processo bem definido para gerenciar o clico de vida do desenvolvimento dos sistemas.

Nos dias atuais, o grau de exigência por parte do cliente é bem elevado por comprometimento nos prazos, ética, profissionalismo e qualidade nos produtos que são entregues. Para que as consultorias de TI, fábricas de software ou correlatas possam atender com êxito a esse tipo de exigência, é preciso que elas estejam bem qualificadas e preparadas internamente para suprir as necessidades existentes. No entanto, o tempo tem passado e não se vê muita evolução por parte das consultorias de TI no que diz respeito à maturidade no gerenciamento de seus projetos, bem como a existência de um modelo de processo bem definido para gerir o ciclo de vida do desenvolvimento dos sistemas e até mesmo a utilização de técnicas ou metodologias na gestão do andamento dos projetos em si.

Riscos na ausência de documentação

A falta de documentação pode gerar um grande problema do ponto de vista de implementação. Quando uma determinada tarefa é alocada para um desenvolvedor sem uma especificação definida, o trabalho se torna ainda mais difícil.

Isto pode gerar vários problemas como a criação de uma funcionalidade incompatível com a real necessidade do cliente. O tempo gasto neste caso pode ser muito maior que o normal estipulado uma vez que o entendimento fica todo concentrado no código fonte e não em algum documento padronizado onde não só o desenvolvedor teria condições de ler, mas qualquer pessoa envolvida no processo.

Uma das possíveis soluções para sanar este problema seria a consultoria de TI definir e selecionar um profissional especializado para criar os documentos contendo os requisitos das tarefas. Ao menos uma especificação funcional bem escrita já ajudaria e muito o desenvolvedor na criação de tal funcionalidade.

É complicado também gerenciar os prazos, uma vez que quando não se possui documentação, quase sempre os prazos são extrapolados e a equipe de desenvolvimento fica em uma situação de pressão grande e, na maioria das vezes, precisa fazer horas extras para compensar a falta de gerenciamento dos projetos da empresa. Isso gera efeitos colaterais perante a equipe de desenvolvimento: o pessoal fica cansado e perde produtividade, um grande estresse psicológico e desgaste físico é criado devido ao esforço para que o projeto seja entregue. Infelizmente, se a consultoria definisse melhor juntamente com o cliente os prazos e o escopo do projeto, possivelmente a equipe conseguiria atuar de forma mais produtiva e evitaria ter que cumprir horas extras após o expediente.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?