DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
post favorito     comentários

Ferramentas BI - Data Warehouse

Conheça nesse artigo uma ferramenta muito importante para o Business Intelligence, o Data Werehouse, onde são armazenados os dados analíticos que resultarãonas consultas e gráficos de apoio a decisão do BI.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

O Data Warehouse assim como o Data Mart, são estruturas de bancos de dados que armazenam as informações preponderantes para o BI, são alimentados por dados operacionais, informacionais ou analíticos advindo dos sistemas de ERP, CRM, Planilhas, Dados externos e todo o tipo de informação relevante ao seu negócio, sempre tratados através da ferramenta de ETL, também muito importante para o BI.

Os bancos de dados operacionais armazenam dados que são utilizados para a automatização do seu negócio, como vendas e serviços, são utilizados por todos os funcionários como ferramentas de automação.

Data Warehouse e Data Mart são estruturas que armazenam dados analíticos, destinados a gerencia de processos e tomada de decisões. Têm como características não usarem as regras de normalização necessárias às estruturas de banco de dados operacionais, aos sistemas de gestão (ERP) e relacionamento com o cliente (CRM); trabalham com estruturas de dados sem normalização, com grande quantidade de chaves de indexação para que as informações sejam retornadas com rapidez e eficiência, pois, podem conter consultas complexas acessando uma quantidade muito grande de registros; deve ser preparado para armazenar dados históricos que servirão de referência para comparações com análises presentes e para projeções futuras.

Vejamos um exemplo de tabelas normalizadas e de uma tabela não normalizada de um Data Warehouse para melhorar a compreensão:

Em um pequeno ponto de vendas, onde são gerados pedidos, vamos trabalhar com as seguintes tabelas normalizadas:

Tabela 1: Tabela Clientes:

Codigo Nome Endereco Telefone
1 Jerônimo Freitas R. Hum, 1200 31-3131-3131
2 Fernando Amaral R. Dois, 1300 31-3232-3232

Tabela 2: Tabela Pedidos:

CodigoPedido CodigoCliente DataPedido DataEntrega
1 2 25/04/2012 30/04/2012
2 1 26/04/2012 02/05/2012

Tabela 3: Tabelas de Itens do Pedido:

CodigoPedido CodigoDoItem Quantidade ValorUnitario
1 34 2 10,5
1 21 1 7
2 76 4 8,9
2 89 7 3,45

Podemos observar que, na tabela de pedidos temos apenas o código do cliente e na tabela de itens de pedido temos apenas o código do item, esse é um exemplo de tabelas normalizadas, evitando assim a redundância de dados.

Em um Data Warehouse, teremos apenas uma tabela com todos os dados importantes para a geração das informações que vão auxiliar na tomada de decisões.

Tabela 4: Tabela com todos os dados Importantes

CodCli NomeCli CodPed DataPedido DataEntrega Item Qtd VlrUnit AnoMesPed AnoMesEnt
1 Jerônimo Freitas 2 26/04/2012 02/05/2012 Item 1 4 8,9 201204 201205
1 Jerônimo Freitas 2 26/04/2012 02/05/2012 Item 2 7 3,45 201204 201205
2 Fernando Amaral 1 25/04/2012 30/04/2012 Item 3 2 10,5 201204 201204
2 Fernando Amaral 1 25/04/2012 30/04/2012 Item 4 1 7 201204 201204

Agora temos um exemplo de uma tabela de um Data Warehouse e nesse momento estão se perguntando, porque não tem o código do item ou porque as colunas AnoMesPed (ano e mês do pedido) e AnoMesEnt (ano e mês de entrega). Só serão inseridos no Data Warehouse dados preponderantes, que vão retornar informações relevantes para o negócio em questão ou facilitar a busca destas informações. Os campos AnoMesPed e AnoMesEnt, no formato em que estão, vão facilitar o agrupamento das vendas por mês e ano sem a necessidade de usar funções do banco de dados, não tem o código do item, porque, o gestor quer saber o nome do produto que mais vendeu, o código dele será necessário no ponto de venda, para facilitar a digitação do pedido. Esse gestor que saber o cliente que mais comprou durante o mês ou o produto mais vendido, sem a necessidade de solicitar a inclusão de vários relatórios para os fornecedores de soluções ERP, até porquê, o muitos dados virão de outras fontes, como citado acima e serão inseridos nas diversas tabelas do Data Warehouse para que seja feito o cruzamento destas informações, gerando por exemplo, a informação dos clientes que mais compraram e que estão satisfeitos com os produtos. Os dados quantitativos de vendas são alimentados pelo sistema de ERP e os dados qualitativos de satisfação dos clientes são alimentados pelo sistema de CRM.

Os Data Mart, que tem a mesma estrutura do Data Warehouse sendo diferenciado pelo foco, está mais direcionado aos departamentos, setores da empresa e prototipagem de Data Warehouse. Muitos destes Data Mart´s serão as fontes de dados para o Data Warehouse e em outras vezes os Data Mart´s serão subprodutos do Data Warehouse dependendo da necessidade e do contexto de cada empresa e cada resultado almejado.

Este artigo é um esclarecimento simples do que é um Data Warehouse como ferramenta de BI, para um esclarecimento mais completo sobre o assunto sugiro a leitura de um livro específico, pois num artigo é muito difícil aborda todo o conteúdo que aborda o Data Warehouse.

Você pode acompanhar o artigo anterior no link: http://www.devmedia.com.br/introducao-ao-b-i/24215



Welington Lourenço(welingtonl@gmail.com) é desenvolvedor, trabalha com análise e desenvolvimento de sistemas em Visual Fox Pro desde 1995, desde 2000 atua com desenvolvimento de sistemas com acesso a banco de dados (Sql Server, My [...]

O que você achou deste post?
Conhece a assinatura MVP?
Publicidade
Serviços

Mais posts