Array
(
    [0] => stdClass Object
        (
            [Votos_Balanceados] => 1
            [id] => 497724
            [titulo] => Artigo: Porque uma colocação como DBA é tão difícil?
            [dataCadastro] => DateTime Object
                (
                    [date] => 2014-10-13 22:04:10
                    [timezone_type] => 3
                    [timezone] => America/Sao_Paulo
                )

            [isFirstPost] => -1
            [idUsuario] => 269142
            [status] => A
            [isExample] => 
            [NomeUsuario] => William 
            [Apelido] => William (Devwilliam)
            [Foto] => 269142_20150809195205.jpg
            [Conteudo] => Ótimo artigo !!

Infelizmente estou nessa situação, estilo "Severino" faz tudo, tenho que cuidar dos planos de backups, execução de jobs, otimização de índices, criação de tabelas, migração de base de dados e ainda desenvolver, fazer o que né ... é a situação do mercado. ) )

Artigo: Porque uma colocação como DBA é tão difícil?

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

Galera, bom dia.
Escrevi um artigo, acredito que bom pra quem está querendo iniciar na carreira de DBA.
Quem quiser conferir o conteudo se encontra em:
Porque uma colocação como DBA é tão difícil?

Post mais votado

William (devwilliam)
   - 13 out 2014

Ótimo artigo !!

Infelizmente estou nessa situação, estilo "Severino" faz tudo, tenho que cuidar dos planos de backups, execução de jobs, otimização de índices, criação de tabelas, migração de base de dados e ainda desenvolver, fazer o que né ... é a situação do mercado.

Joel Rodrigues
   - 08 out 2014

Opa, acho que tem algum problema no site. Não consegui acessar. Deu "Erro ao estabelecer uma conexão com o Banco de Dados".

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

É pelo que vi hoje pela manhã está com erro.

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

Voltou o site.

Joel Rodrigues
   - 08 out 2014

Parabéns pelo artigo, bastante claro e realista.
Muitas vezes a função do DBA é "jogada nas costas" do programador, que além de desenvolver e manter o sistema, tem que se preocupar com certas coisas do BD. Isso acaba prejudicando, ao meu ver, todas as partes. O programador que assume funções que não deveriam ser suas. E a empresa que corre o risco por não ter um profissional especializado e totalmente dedicado àquilo.

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

Obrigado Joel, vem mais por ai, todos voltados a banco de dados.

Roniere Almeida
   - 08 out 2014

Estarei lendo este!

Mariana Carvalho
   - 08 out 2014

Li o artigo e me identifiquei(ainda estudando), realmente é caminho arduo a seguir e manter, a dificuldade será grande para arrumar um simples estagio, a maioria das empresas não pensam em deixar no minimo duas pessoas capacitadas para essa area, o que irá gerar uma dependencia.

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

Acredito que hoje ainda temos muito receio nas empresas em contratar um profissional para ser treinado.
O que vejo também são vagas de super profissionais com cargos oferecidos como Junior

Roniere Almeida
   - 08 out 2014

Acabei de ler, realmente mostou a realidade em nosso cenario, parabens!!!

Alex Lekao
   - 08 out 2014

Acabei de Ler tambem.

Bom o artigo.

Sou um classico exemplo do faz tudo, inclusive DBA e DBD. kkkk

Faz tudo e nao faz nada. kkkkk

Alan Mario
   - 08 out 2014

Se é complicado dominar um imagina mais...
mas essa é uma verdade, atualmente nas empresas existem mais de uma base de dados(produtos).

Ronaldo Lanhellas
   - 08 out 2014

Muito bom o artigo, parabéns.

Jefferson Santos
   - 08 out 2014

Obrigado.

Mariana Carvalho
   - 09 out 2014

Vamos discutir mais sobre o artigo?

Marisiana
   - 09 out 2014

Muito bom o artigo!
Destaca muito bem a realidade vivida por um DBA...

Alan Mario
   - 09 out 2014


Citação:
Vamos discutir mais sobre o artigo?


Vamos sim!!!

olhem a lista exposta no artigo:

Desenvolver uma base de dados consistente;
Manter a integridade dos dados da empresa;
Segurança de acesso aos dados;
Desempenho da aplicação;
Tuning;
Controle de erros.

O que vocês podem adicionar a lista?

Mariana Carvalho
   - 09 out 2014

Bom, acho que a lista a seguir está bem completa, "Desenvolver uma base de dados consistente" já uma grande qualidade que evita problemas serios futuramente.

Marisiana
   - 10 out 2014

Vou relatar minha opinião através dos conhecimentos e da experiência que ja tive trabalhando em uma empresa que havia um DBA.

O DBA é responsável por:
- Criar os ambientes de desenvolvimento, testes, produção e manter esses dados atualizados
- Realizar backup e restore, bem como criar um "meio seguro" para a realização dos mesmos
- Criar as instâncias, tablespaces, roles, papéis, snapshot...
- Criar os backup diários das bases de dados
- Criar e manter as auditorias nas bases de dados;
- Controlar os acessos de usuários;
- Criar padrões de desenvolvimento
- Trazer novas funcionalidades e recursos que o SGBD possui e treinar a equipe de analise e desenvolvimento.
- Revisar as estruturas criadas que são utilizadas nos sistemas e atualizá-las nos ambientes.

O DBA não é responsável pela criação de tabelas, procedures, etc que são utilizadas nas aplicações, quem deve fazer isso, são os analistas e desenvolvedores. Assim como o tuning de SQL e desempenho de aplicações é responsabilidade dos desenvolvedores, o DBA deverá revisar e auxiliar caso sejam necessárias correções e melhorias nos códigos.

Alex Lekao
   - 10 out 2014

Boa.

Acompanhando... acompanhando... rsrsr

Marisiana
   - 13 out 2014

Outra informação bem importante sobre a carreira de um DBA:

Citação:

Títulos da profissão

DBAs também são conhecidos como Coordenadores de banco de dados, Programadores de banco de dados ou Programadores SQL.
Algumas organizações tem um nível hierárquico para administradores de banco de dados, geralmente segue o padrão:7

1. Analista de dados / Designers de banco de dados.
2. DBA júnior.
3. DBA MidLevel (Intermediário).
4. DBA Sênior.
5. Consultores em banco de dados.
6. Gerente / Diretor da administração de banco de dados.

fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Administrador_de_banco_de_dados