Array
(
)

Borland: Venda das ferramentas de desenvolvimento

Rodrigorpb
   - 10 fev 2006

Olá amigos,

Muitos da facudade onde estudo estão com dúvida a respeito de uma reportagem (a baixo) da borland. Alguém poderia me dizer se o fato é verídico.


Rodrigo.




Notícia enviada por Paulo Iap

Numa notícia que pode deixar muitos desenvolvedores de Delphi com a pulga atrás da orelha, a Borland resolveu vender toda a sua linha de ferramentas de desenvolvimento para terceiros, concentrando-se em produtos e serviços para empresas somente. Eles esperam com isso dar fôlego aos negócios no lado Enterprise, da qual se aproximaram bastante em anos recentes.

Como foi dito no fórum original, provavelmente será o fim do Delphi, já que a base de desenvolvedores diminui a cada dia, a maioria migrando para C# ou VB.Net. A Borland bem que tentou lançar o Kylix para Linux, mas o modelo de negócios não deu muito certo, talvez porque normalmente quem desenvolve no Linux, é proficiente em C e C++ .

A Borland foi uma das pioneiras em ferramentas de programação visual, usando um ambiente integrado para escrever, compilar, mapear, criar os vínculos e depurar o software, mas ferramentas como o Eclipse (de boa qualidade, com investimento da IBM e gratuito), caíram na preferência dos programadores que usavam o JBuilder. Não apenas isso, mas concorrentes como BEA Weblogic e Websphere Studio também são páreo duro.
No lado de programação para Windows, o Visual Studio.Net apresentou várias melhorias nos últimos 4 ou 5 anos que minguaram o mercado da Borland existem dezenas de concorrentes que fazem o mesmo a preços bem mais em conta.

Com isso a Borland fica menor, e talvez mais fácil de ser comprada. No blog do anúncio, achei interessante um comentário mencionando que seria ótimo se o Google comprasse as ferramentas como o Delphi, JBuilder, InterBase, C++ Builder e entrasse como outro jogador nesse mercado. De fato, seria interessante observar essa outra ramificação de negócios.



http://blogs.borland.com/davidi/archive/2006/02/08/23013.aspx

Fonte:http://www.meiobit.com/arq/007301.html


Está reportagem é muito interessante. Se realmente isso for verdadeiro o que seria dos programadores de Delphi?


Massuda
   - 10 fev 2006

O que a reportagem diz em parte é verdadeiro.

Embora a Borland tenha decidido se desmembrar em duas empresas, ainda é cedo dizer que as ferramentas de desenvolvimento acabaram.

A idéia é que a parte da Borland que cuida de compiladores (Delphi, CBuilder, JBuilder, etc) seja vendida para outra empresa enquanto o nome Borland permanecerá com a parte que cuida das ferramentas de gerenciamento (Together, Caliber, StarTeam, etc)

Leia [url=http://forum.clubedelphi.net/viewtopic.php?t=73658]este tópico[/url].