Array
(
)

camada DAO com duas tabelas

Anderson
   - 03 jun 2015

A minha dúvida ao trabalhar com a camada DAO segua a seguinte:
Até onde me informei, cada tabela da base de dados seria referente a um objeto DAO. Suponhamos que seja necessário fazer uma consulta com #Código

select / JOIN 
ou seja, que a mesma retorne dados de mais de uma tabela em uma única consulta.
Para este caso, o objeto DAO de uma tabela poderia buscar dados de outra tabela?

Marisiana
   - 03 jun 2015

Acompanhando para conhecimento....

Jothaz
   - 03 jun 2015


Citação:
A minha dúvida ao trabalhar com a camada DAO segua a seguinte:

Até onde me informei, cada tabela da base de dados seria referente a um objeto DAO. Suponhamos que seja necessário fazer uma consulta com #Código

select / JOIN 
ou seja, que a mesma retorne dados de mais de uma tabela em uma única consulta.

Para este caso, o objeto DAO de uma tabela poderia buscar dados de outra tabela?

As camadas são lógicas e são uma forma de padronizar para facilitar o entendimento e manutenção.

Mesmo que a classe seja para uma determinada tabela do seu bd nada impede de você fazer os joins, tanto via sotored procedure como enviando a expressão sql via aplicação.

Concorda que não faria sentido ou mesmo seria impossível criar um sistema sem joins.

Ronaldo Lanhellas
   - 04 jun 2015


Citação:
A minha dúvida ao trabalhar com a camada DAO segua a seguinte:

Até onde me informei, cada tabela da base de dados seria referente a um objeto DAO. Suponhamos que seja necessário fazer uma consulta com #Código

select / JOIN 
ou seja, que a mesma retorne dados de mais de uma tabela em uma única consulta.

Para este caso, o objeto DAO de uma tabela poderia buscar dados de outra tabela?

Não necessariamente o DAO deve referir-se a cada tabela do banco, o ideal que é a classe/camada DAO seja genérica ao ponto que qualquer objeto possa usá-lo. Ex: VocÊ pode salvar ou buscar um cliente ou pedido usando o mesmo DAO.

O DAO, como o acrônimo já sugere, refere-se a Data Access Object sendo assim é um ponte entre sua aplicação e o banco de dados. Sendo assim o ideal é criar um DAO genérico. Veja se este artigo lhe ajuda: http://www.devmedia.com.br/jpa-e-spring-framework-criando-um-dao-generico/30131