Array
(
)

O que resta para um poeta...(poema)

Schneider
   - 17 jun 2005

O que resta para um poeta...

Escrever do amor que tens no peito é a única coisa que resta para o poeta nesses últimos dias de padecer de sua vida...
Por que o muso! Oh! Muso...
Nem se quer consegue ver!
Por que dele nem seu perfume consegue inalar...
Quem dirá então seu amor novamente senti-lo...
Ah! Amor perverso que machuca, faz solitário dentre a multidão, faz chorar quando se quer sorrir...
Cultiva sozinho esperanças, sonhos...
Que podiam ser feitos a dois... Do lado um do outro...
Mas desistiu...E não resta outra alternativa para o poeta, somente a escrita...
Escrever e padecer...Para poder arrancar de si o amor...
Para que de seu coração esse sentimento maldito ele mate... Sem sua morte causar...
Talita Cristian Schneider... Dia 08/06/2005 as 14:11



espero que ainda curtam