Array
(
)

Pra quem curte uma poesia ?????

Schneider
   - 19 abr 2004

Ao longe o mar


Porto calmo de abrigo
De um futuro maior
Porventura perdido
No presente temor
Não faz muito sentido
Não esperar o melhor
Vem da névoa saindo
A promessa anterior
Quando avistei ao longe o mar
Ali fiquei
Parada a olhar
Sim, eu canto a vontade
Conto o teu despertar
E abraçando a saudade
Canto o tempo a passar
Quando avistei ao longe o mar
Ali fiquei
Parada a olhar
Quando avistei ao longe o Mar
Sem querer, deixei-me ali ficar.

Pedro Ayres Magalhães



beijos


Fvilela
   - 19 abr 2004

SHOW!!!! PARABENS! :lol:


Schneider
   - 19 abr 2004


Citação:
SHOW!!!! PARABENS! :lol:



brigada pela força como sempre
beijos
Talita :) :) :) :)


Marcioih
   - 20 abr 2004

Puxa gostei! Apavorou os que mandei pra você!
Legal mesmo! :lol: :lol:

]v[arcio!
:D :D :D


Anderson_blumenau
   - 21 abr 2004

essas vcs ja devem conhecer, mas eh a minha predileta

Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vao momento
E em seu louvor ei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar, ao seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angustia de quem vive
Quem sabe a solidao, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que nao seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

(Vinicius de Moraes)


Schneider
   - 21 abr 2004


Citação:
essas vcs ja devem conhecer, mas eh a minha predileta

Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vao momento
E em seu louvor ei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar, ao seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angustia de quem vive
Quem sabe a solidao, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que nao seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

(Vinicius de Moraes)



sou super fa dele
adoreo seus livros de poesias
e gosto do sonet do Amor Total