Array
(
)

Preço de um sistema! ajuda HELP ! URGENTE

Yuri Royer
   - 03 set 2014

Um cliente hipotético me pediu um orçamento de um sistema de controle de comandas eletrônicas! ou seja! teria um cartão ou qrcode que seria a identificação do usuario(cliente)
ele entraria no establecimento e tudo que ele consumisse ou usasse algum serviço seria aberto a comanda no cartao! ao final o cliente dirigi-se para o caixa e pelo codigo que tem no cartao puxa tudo o que o cliente consumiu no establecimento!
bem. eu sei fazer o sistema!
agora não sei quanto cobrar!
ajuda HELP! URGENTE!

Ricardo
   - 03 set 2014

Você precisa considerar o valor da sua hora trabalhada, a quantidade de horas que pretende trabalhar por dia, o prazo final, se vai ter suporte adicional, treinamento, pontos de função, enfim, uma certa quantidade de situação a serem analisadas.

Porém por experiência própria, descartando as situações que citei acima, em média se vc jogar uma valor fixo cobrando barato vai ser em torno de R$ 2.000,00. Agora se considerar e seguir o que falei anteriormente e adicionar mais alguma coisa o valor fina fica muito, mas muito maior.

Então são dois pesos e duas medidas; se o valor ficar muito elevado, apesar de ser justo e valer o seu trabalho, é melhor colocar um valor fixo(meio termo) e cobrar a parte por suporte, manutenção etc.

Ronaldo Lanhellas
   - 03 set 2014


Citação:
Um cliente hipotético me pediu um orçamento de um sistema de controle de comandas eletrônicas! ou seja! teria um cartão ou qrcode que seria a identificação do usuario(cliente)
ele entraria no establecimento e tudo que ele consumisse ou usasse algum serviço seria aberto a comanda no cartao! ao final o cliente dirigi-se para o caixa e pelo codigo que tem no cartao puxa tudo o que o cliente consumiu no establecimento!

bem. eu sei fazer o sistema!

agora não sei quanto cobrar!

ajuda HELP! URGENTE!


Dar valor a um sistema não é um processo tão simples, existem diversas técnicas. Você primeiro precisa saber quanto vale sua hora, quanto de recurso irá gastar e depois escolher uma técnica, por exemplo: Pontos por Função.

Yuri Royer
   - 04 set 2014

Entendi!
Obrigado pela ajuda, os dois !

Pjava
   - 04 set 2014

Cara, você conhece seu cliente. Os caras aí em cima deram umas dicas bacana. Agora, nós que somos pequenos há oura forma de cobrar. Olha pro bolso do seu cliente e cobra x. Ele pode pagar R$ 5.000,00 e não mais que isso? Então mete a mão no cara. Cobre sempre o maior valor possível, nunca, jamais sinta dó do cara e cobre qualquer alteração ou mudança e não faça amizade com ninguém na empresa. É preto no branco sempre. Eu sou assim e graças a Deus, paguei meu "pois é", pago meu aluguel, janto fora com a família e etc... Amizade te fará perdoar ou "quebrar galhos" que no final, isso será uma regra e não exceção e aí você estará fdo, pedindo pelo amor de Deus um outro programador que pegue seus fontes e dê manutenção pro cara, porque você não consegue sair do vermelho, do rojo, do red. Lembre-se, sem piedade, mas com justiça sempre.

Rodrigo Oliveira
   - 08 set 2014


Citação:
Você precisa considerar o valor da sua hora trabalhada, a quantidade de horas que pretende trabalhar por dia, o prazo final, se vai ter suporte adicional, treinamento, pontos de função, enfim, uma certa quantidade de situação a serem analisadas.


Eu me lembro de um post em que postaram um link a respeito de quanto vale a sua hora. é interessante mas deve existir outros metodos.