Array
(
)

Vejo-me no espelho(poema)

Schneider
   - 17 jun 2005

Vejo-me no espelho

Diante do espelho...
Rosto sem cor... Maquiagem...
Olhos fundos... Olheiras pretas...
Cabelos bagunçados... Embaraçados...
Roupas esfarrapadas... Mendigo...
Os lábios escorem sangue... Palavras...
Sinto cheiro de morte...
Olho-me novamente no espelho...
Nada vejo...
Somente meu esqueleto...
Deixado aos corvos do mundo...
Façam dele que quiserem...
Os farrapos que vestia...
Fora jogue... Não serve mais...
Meu coração...
Ao amado entreguem...
Quem sabe compaixão...
Tenha ele do Morto...
Dia 17/06/2005 as 14:49
Talita Cristian Schneider.
meio revoltada