Governança de TI

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (8)  (2)

Entendendo governança em TI.

 

Governança de TI, o que é? São as práticas e relacionamentos entre:

Ø  Acionistas/Cotistas;

Ø  Conselho de administração;

Ø  Diretoria;

Ø  Auditoria independente;

Ø  Conselho fiscal;

 

Governança de TI para que serve?

Ø  Aperfeiçoar o desempenho das empresas;

Ø  Facilitar o acesso ao capital;

Ø  Obter negócios de qualidade, lucrativos e bem administrados;

 

Para entender Governança de TI é preciso saber o conceito de Governança Corporativa:

 

“Governança Corporativa é o sistema pelo qual as sociedades são dirigidas e monitoradas, envolvendo os relacionamentos entre Acionistas/Cotistas, Conselho de Administração, Diretoria, Auditoria Independente e Conselho Fiscal. As boas práticas de governança corporativa têm a finalidade de aumentar o valor da sociedade, facilitar seu acesso ao
capital e contribuir para a sua perenidade.”

IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa


A Governança permite uma maior agilidade operacional e uma resposta rápida e eficiente às demandas. Os controles propiciam um modelo para as áreas das empresas e, em especial TI, aprimorarem os quesitos de eficiência, segurança, produtividade, acuracidade e disponibilidade dos processos.


A Governança de TI é responsabilidade da alta Administração e consiste de estrutura organizacional, processos e lideranças para garantir que a TI sustente e auxilie as estratégias
e os objetivos da organização.

 

“Governança de TI é uma parte integral da Governança Corporativa e é formada pela liderança, estruturas organizacionais e processos que garantem que a TI sustenta e melhora
a estratégia e objetivos da organização”

IT Governance Institute - 2002

 

Governança de TI está intimamente ligada à responsabilidade dos executivos no que consiste à liderança, à estrutura e processos organizacionais que asseguram a sustentação das estratégias da organização e seus objetivos pela TI. A governança de TI está fundamentada básicamente em PESSOAS, PROCESSOS e TECNOLOGIA.

 

É muito importante saber que a governança deve estar em completa conformidade com Lei Sarbanes-Oxley que visa à confiança dos investidores, exigindo que as organizações selecionem e implementem um framework de controle interno adequado.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?