Guia de Linguagem

Git e Github


Neste guia de consulta você encontrará diversos conteúdos sobre como realizar o controle de versões dos seus projetos utilizando o Git e o Github.

Introdução

Durante o desenvolvimento das aplicações o código passa por diversas mudanças e muitas vezes é preciso realizar testes e voltar a versões anteriores. Quando não usamos um sistema de controle de versão esse gerenciamento de mudanças é feito por meio de cópias das pastas e arquivos do projeto, processo que pode se mostrar inseguro e levar a erros no projeto.

Nesse contexto entra o Git, um Sistema de Controle de Versão (SCV ou VCS em inglês) que nos permite controlar as mudanças ocorridas nos arquivos de forma segura. Com ele podemos persistir mudanças no código e voltar atrás quando for necessário sem precisar fazer cópias manuais.

Para conhecer melhor esse sistema, veja o curso abaixo:

Agora que você já sabe o que é o Git e o que ele pode fazer pelo nosso projeto, sugerimos assistir ao seguinte curso, que lhe dará, na prática, mais detalhes sobre a ferramenta:

Em seguida os conteúdos abaixo trazem informações complementares para que você possa se aperfeiçoar no uso do Git.

GitHub

O GitHub é um serviço web de hospedagem de código que possibilita o controle de versão de projetos de software. Construído sobre o Git, esse serviço abstrai do programador questões de infraestrutura, disponibilizando em um servidor web os seus projetos, de modo que você ou uma equipe (centralizada ou distribuída), possa trabalhar no mesmo projeto a partir de um controle de versão rápido e simples.

Gerenciando o código

Nesta seção separamos alguns conteúdos que tratam de técnicas para gerenciar as mudanças e evolução do código dos projetos usando o Git e o Github. Confira:

Integração com IDEs

O Git dispõe de uma ferramenta de linha de comandos que pode ser usada da mesma forma em diferentes sistemas operacionais. Porém, como no dia a dia utilizamos com frequência os IDEs (ambientes de desenvolvimento integrado), podemos integrá-los com o Git e fazer o controle de versão sem precisar sair da interface e ir para o prompt de comandos/terminal.

Veja nos artigos abaixo como integrar o Git com alguns dos principais IDEs da atualidade:

Ficou com alguma dúvida?