Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login

Guia de Referência PHP

Neste Guia de Referência você encontrará todo o conteúdo que precisa para aprender PHP, uma linguagem de programação amplamente utilizada para a construção de aplicações web.

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (6)  (0)

Introdução ao PHP

Aprender uma nova linguagem permite ao programador conhecer novas formas de resolver problemas e explorar áreas da computação ainda desconhecidas. Nos links abaixo você vai encontrar artigos dedicados à apresentação da linguagem PHP a partir dos quais poderá decidir se ela atende às suas necessidades.

Entendendo a proposta da linguagem, está na hora de dar os seus primeiros passos para se tornar um mestre PHP. Abaixo listamos um curso introdutório, além de artigos destinados à apresentação dos fundamentos dessa linguagem.

Orientação a objetos

A orientação a objetos é uma forma de desenvolvimento onde cada parte do sistema representa algo do mundo real. Sendo o paradigma adotado hoje na maioria dos casos, seu conhecimento se tornou imprescindível para o desenvolvedor.

Inicialmente o PHP não era uma linguagem orientada a objetos. Foram necessárias pequenas adaptações ao lançamento de cada versão para que ela se adapta-se a esse paradigma de desenvolvimento.

Embora em versões anteriores fosse possível declarar classes, foi no PHP5 que essa sintaxe começou a amadurecer. Confira no artigo abaixo o que mudou.

Também listamos abaixo artigos nos quais você vai encontrar uma introdução aos conceitos da orientação a objetos em PHP.

Formulários em PHP

Os formulários são a base para a criação da interatividade na web e, portanto, um tema que não poderia faltar nesse Guia de Referência.

Formulário de Login

Abaixo sugerimos alguns artigos que vão te ajudar a entender como trabalhar com formulários em PHP.

Um mundo de possibilidades é aberto quando permitimos ao usuário enviar dados para a aplicação. Contudo, nesse cenário logo identificamos problemas relacionados a segurança. O primeiro passo para reduzir as vulnerabilidades criadas na aplicação é validar cada informação recebida, como mostram os posts a seguir:

Bancos de Dados

Após criar as suas primeiras páginas em PHP, você já deve ter se perguntado “como fazer a aplicação se lembrar das informações enviadas em um formulário”? Questões como essa estão relacionadas a persistência de dados, ou a forma como eles são salvos.

Em PHP contamos com a API PDO, PHP Data Objects, como padrão para acesso a fontes de dados. Sendo o seu conhecimento um excelente ponto de partida, recomendamos os seguintes artigos:

O PHP também dá suporte a bancos de dados NoSQL. No artigo a seguir apresentamos como você pode utilizar o MongoDB nas suas aplicações.

Listamos ainda esses artigos práticos para que você possa prosseguir nos seus estudos.

Sessões

As sessões são um meio de manter dados temporariamente acessíveis a todas as páginas visitadas pelo usuário em uma aplicação web, sem que seja necessário gravar essas informações em um banco de dados. Diferentemente dos Cookies, os dados salvos na sessão ficam armazenados no servidor e não no computador do cliente, o que faz deste recurso uma opção para o armazenamento de dados sensíveis.

Para iniciar seus estudos sobre esse recurso indicamos os seguintes artigos:

MVC

Independentemente da sua complexidade, é fundamental para a sustentabilidade do sistema que sua arquitetura esteja bem resolvida. O padrão arquitetural MVC (Model-View-Controller) propõe uma divisão entre as regras de negócio, o tratamento das requisições e a apresentação do sistema, que ajuda a manter sua coesão e facilidade de leitura.

Nos links abaixo você pode conferir o que é esse padrão e quais problemas ele procura evitar.

Ficou com vontade de usar o MVC no seu próximo projeto PHP? Confira abaixo um curso exemplificando sua aplicação.

Em seguida o seguinte curso lhe ajudará a ver, na prática, como aplicar o padrão em MVC em um projeto que já realiza acesso a bancos de dados:

Os motores de templates estão presentes em diversos frameworks MVC, permitindo a separação entre lógica e apresentação durante a criação das interfaces. No DevCast e artigo a seguir falamos sobre o Smarty e o Twig, dois dos motores de templates mais utilizados.

Documentação PHP

Nesta seção você encontrará documentações criadas com o intuito de apresentar conceitos e recursos fundamentais da linguagem PHP. Utilize esse material para consulta rápida:

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Ajude-nos a evoluir: você gostou do post?  (6)  (0)

Para avaliar você precisa ser um assinante MVP :)

Ficou com alguma dúvida?