Instalação avançada do TFS - Revista .net Magazine 104

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (1)

Nesse artigo aprenderemos o que é necessário para fazer a instalação no modo avançado do Team Foundation Server 2012 em uma máquina virtual como o Windows Server 2008.

Artigo do tipo Tutorial
Recursos especiais neste artigo:
Contém nota Quickupdate, Conteúdo sobre Engenharia.
Instalação do Team Foundation Server
O Team Foundation Server é uma ferramenta ALM da Microsoft muito poderosa, fazendo o controle de todo o ciclo de vida de uma aplicação, seja ela .Net, Java ou qualquer outra linguagem de programação. Nesse artigo aprenderemos o que é necessário para fazer a instalação no modo avançado do Team Foundation Server 2012 em uma máquina virtual como o Windows Server 2008. Após sua configuração veremos algumas funcionalidades importantes para a administração do mesmo.

Em que situação o tema é útil
Este tema é útil a todos que utilizem ou que venham a utilizar o TFS para gerenciar o ciclo de vida de seus projetos, pois através deste artigo o leitor conhecerá cada tipo de instalação do TFS, permitindo que ele escolha a que melhor se adéqua a seu cenário.

O desenvolvimento de software evoluiu muito nos últimos anos variando em diversas tecnologias e plataformas, cada dia mais o profissional de TI precisa ter mais versatilidade, tornando o processo de desenvolvimento de software em um modelo mais fabril. Como alternativa para controlar todo o processo temos o Team Foundation Server 2012, uma ferramenta da Microsoft que gerencia todo o ciclo de vida do desenvolvimento de software. Ela é uma ferramenta de ALM (Nota do DevMan 1) da Microsoft que realiza o controle de todo o ciclo de vida de uma aplicação, seja ela em qualquer linguagem de programação.

Nota do DevMan 1

ALM de Application Lifecycle Management, é uma sigla que significa o gerenciamento do ciclo de vida de uma aplicação, com outras palavras é o controle de toda a aplicação deste a concepção até sua entrega para o cliente, passando por diversas fases.

Com o TFS podemos ter o controle de nosso código fonte, criando políticas eficazes que visam garantir critérios de qualidade, padrões de desenvolvimento, ter um sistema de build, controle de métricas, implantações de testes com rastreamento de bugs, organização de projetos consolidando todos os dados em um repositório central e relatórios de todo o andamento do projeto, como podemos ver na Figura 1.

Figura 1. Core do Team Foundation Server.

Existem vários tipos de usuários envolvidos em todo o processo no desenvolvimento de software, para esses usuários existem papeis específicos como: Arquitetos, desenvolvedores, testes, Gerentes de projetos, engenheiros de build, auditores, administradores de banco de dados (DBA) e patrocinadores do projeto, cada qual com um perfil de uso e interesse específicos no ciclo de vida do projeto.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?