Instalação do SQL Server 2008 R2

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (6)  (0)

Na instalação do SQL Server 2008 R2 é comum surgir duvidas e até mesmo pequenos problemas, primeiramente vou tirar algumas duvidas técnicas com relação aos requisitos e os softwares necessários para que o SQL Server possa ser instalado corretamente.

Na instalação do SQL Server 2008 R2 é comum surgir duvidas e até mesmo pequenos problemas, primeiramente vou tirar algumas duvidas técnicas com relação aos requisitos e os softwares necessários para que o SQL Server possa ser instalado corretamente.

Requisitos mínimos:

  • Memoria: de 1 GB
  • CPU: Pentium III 1 GHz

Requisitos recomendados

  • Memoria: 2GB ou superior
  • CPU: 2GHz ou superior

O espaço em disco depende muito dos recursos a serem instalados, segue alguns exemplos:

  • Database Engine: ocupa 711 MB, nele está incluído, banco de dados do sistema, replicação e o full-text search
  • Analysis Services: ocupa 345 MB
  • Report Services e o Report Manager: ocupa 304 MB
  • Integration Services: ocupa 591 MB
  • Client Components: ocupa 1823 MB (Exceto o Books Online e o Integration Services)
  • SQL Server Books Online: ocupa 157MB

Outra informação importante para a instalação do SQL Server 2008 R2 é a necessidade de instalar alguns softwares antes de iniciar o processo com o SQL Server. Os softwares necessários são:

Windows Installer 4.5 superior

  • .NET Framework 3.5 SP1 ou superior
  • Windows Powershell 1.0 ou superior

Com relação ao S.O e os Service Pack

  • no Windows XP, com SP3
  • No Windows Server 2003, com SP2
  • Windows Server 2008, com SP2
  • Windows Vista, com SP2

Um dado importante, deve-se saber em qual ambiente deseja instalar o SQL Server 2008 R2, o mesmo possui algumas edições, cada uma com suas características e funcionalidades, em caso de duvida acesse o link abaixo com um comparativo entre as edições: http://www.microsoft.com/sqlserver/2008/pt/br/editions-compare.aspx

Etapas da instalação

Antes de instalar o SQL Server 2008 R2, caso no micro não tenha pelo menos a versão mínima da Framework .NET, aparecerá uma mensagem, como mostra a figura 1:

Janela de instalação do Microsoft .NET Framework

Figura 1. Janela de instalação do Microsoft .NET Framework.

Aguarde o carregamento da instalação do Framework .NET, como mostra a figura 2:

Janela de carregamento do .NET Framework

Figura 2. Janela de carregamento do .NET Framework.

Após o carregamento aparecerá uma janela de instalação do Framework .NET, marque a opção: eu aceito os termos de contrato de licença, como mostra a figura 3:

Janela inicial da Instalação do .NET Framework

Figura 3. Janela inicial da Instalação do .NET Framework.

Em seguida é só aguardar o processo de instalação, aguarde até a barra de preenchimento completar, como mostra a figura 4:

Janela de processo de instalação do .NET Framework

Figura 4. Janela de processo de instalação do .NET Framework.

Depois que aparecer a mensagem de instalação concluída, clique no botão sair, como mostra a figura 5:

Janela de conclusão de instalação do .NET Framework

Figura 5. Janela de conclusão de instalação do .NET Framework.

O SQL Server Installation Center é o utilitário que você vai utilizar antes de instalar o SQL Server 2008 R2, ele ativa o SQL Server Setup para que você possa criar novas instâncias e outras funcionalidades.

Na tela inicial do SQL Server Installation Center aparece as seguintes opções, como mostra a figura 6, entrarei em detalhes após a imagem.

Janela do SQL Server Installation Center

Figura 6. Janela do SQL Server Installation Center.

Neste artigo, o que vai nos interessar será a página Installation, pois o que interessa neste momento é a instalação, sobre as outras opções e incluindo a Installation segue as informações abaixo:

  • Planning: Fornece links para planejar documentação e ferramentas de planejamentos uteis.
  • Installation: Contém opções para instalar instâncias do SQL Server, atualizar a partir de versões anteriores e adicionar recursos.
  • Maintenance: Contém opções para atualizar sua edição de SQL Server, reparar sua instalação e remover nós de cluster.
  • Tools: Contém opções para verificar a configuração do sistema antes da instalação, relatar a configuração atual dos produtos SQL Server e atualizar pacotes de Integration Services.
  • Resources: Fornece links para documentação adicional que pode ser útil.
  • Advanced: Contem uma opção para instalar o SQL Server usando um arquivo de configuração, assim como opções de cluster avançadas.
  • Options: Permite especificar o diretório-raiz da mídia de SQL Server , como seria necessário se você quisesse instalar a partir de uma pasta compartilhada.

Na próxima tela o Setup do SQL Server examina a maquina onde o SQL Server 2008 R2 será instalado, como mostra a figura 7

Janela Setup Support Rules

Figura 7. Janela Setup Support Rules.

Logo em seguida aparecerá a tela que informa o termos de uso do SQL Server 2008 R2, basta marcar a opção “I accept the license terms” e clique em “Next”, como na figura 8

Janela License Terms

Figura 8. Janela License Terms.

Neste momento o SQL Server 2008 Setup verifica se existe alguma pendência com relação a algum software ou requisitos, como mostra a figura 9.

Janela Setup Support Rules com erro do firewall

Figura 9. Janela Setup Support Rules com erro do firewall.

No caso da figura 9, existe uma pendência, o firewall não vai permitir continuar, neste caso, vá até o menu inicial, painel de controle, firewall e desabilite-o, e clique em ok.

Em seguida aparte o botão “Re-run” no SQL Server 2008 R2 Setup, como mostra a figura 10.

Janela Setup Support Rules sem o erro do firewall

Figura 10. Janela Setup Support Rules sem o erro do firewall.

Na figura 11 , no nosso caso, apenas marque a opção “SQL Server Feature Installation”

Janela do Setup Role

Figura 11. Janela do Setup Role.

Próximo passo é a escolha dos componentes do SQL Server 2008 R2, como mostra a figura 12

Janela do Feature Selection, escolha dos componentes a serem instalados

Figura 12. Janela do Feature Selection, escolha dos componentes a serem instalados.

Aguarde o preenchimento da barra até concluir, se aparecer algum erro retorne aos passoa anteriores, caso contrario clique em “Next” como mostra a figura 13

Janela do Installation Rules em processamento

Figura 13. Janela do Installation Rules em processamento.

A próxima janela da instalação será Instance Configuration, neste momento você irá fazer a instalação da instância do SQL Server. Como mostra a figura 14.

O SQL Server suporta somente uma instância padrão e até 50 instâncias nomeadas.

Logo após a configuração e clique em “Next”.

Janela de configuração de instância

Figura 14. Janela de configuração de instância.

Depois de concluir o passo anterior aparecerá a janela “Disk Space Requirements”, nela estará somente algumas informações sobre tamanho, local onde os arquivos estarão localizados, como mostra a figura 15.


Figura 15. Janela de Disk Space Requirements.

A próxima janela “Server Configuration” requer um pouco mais de cuidado, a janela vem com opções de login para serviços do SQL Server. Como mostra a figura 16

Janela Server Configuration

Figura 16. Janela Server Configuration.

A próxima janela é a “Database Engine Configuration”, aonde você vai configurar uma instância de Database Engine, como mostra a figura 17

Janela do Database Engine Configuration

Figura 17. Janela do Database Engine Configuration.

Na próxima janela “Analysis Services Configuration” aparecerá sempre que você marcar no “Feature Selection” a opção Analysis Services na (figura 12) caso contrario a figura 18 não aparecerá.

Janela de configuração do Analysis Services

Figura 18. Janela de configuração do Analysis Services.

Nessa Janela “Reporting Services Configuration” no nosso caso apenas marque a opção “Install the native mode default configuration” e depois clique em “Next”, como mostra a figura 19

Janela de configuração do Reporting Services

Figura 19. Janela de configuração do Reporting Services.

Neste caso você pode simplesmente em clicar em “Next” ou se preferir a marcar a opção para reportar algum erro do SQL Server, é opcional. Como mostra a figura 20

Janela de Error Reporting (opcional)

Figura 20. Janela de Error Reporting (opcional).

Iniciando a instalação de roles (papeis) interno do SQL Server, aguarde alguns minutos até a conclusão e depois clique em “Next”, como mostra a figura 21:

Janela de processo de instalação de roles internas do SQL Server

Figura 21. Janela de processo de instalação de roles internas do SQL Server.

Antes de iniciar a instalação, o setup do SQL Server te dar um relatório de tudo que será instalado, como mostra a figura 22:

Janela com todos os componentes a serem instalados

Figura 22. Janela com todos os componentes a serem instalados

Processo de instalação, aguarde alguns minutos, como mostra a figura a 23:

Janela de processo de instalação

Figura 23. Janela de processo de instalação.

Finalmente a instalação foi concluída clique em “Close” e pronto, como mostra a figura 24

Janela de conclusão da instalação do SQL Server 2008 R2

Figura 24. Janela de conclusão da instalação do SQL Server 2008 R2.

Para confirmar se a instação foi bem sucedida, vá até o menu iniciar, todos os programas, Microsoft SQL Server 2008 R2, Clique em SQL Server Management Studio, aparecerá a figura 25, aguarde até abrir o programa

Janela de configuração do primeiro uso do Managemant Studio

Figura 25. Janela de configuração do primeiro uso do Managemant Studio.

Management Studio em execução, como mostra a figura 26

Janela do Management Studio

Figura 26. Janela do Management Studio.

Fonte: Guia de bolso do administrador, Microsoft SQL Server 2008 William R. Stanek

Conclusão

O SQL Server 2008 R2 não é simplesmente um SGBD e sim uma plataforma completa de implementação e administração de dados. Quem a conhece sabe muito bem que a ferramenta é muito poderosa. Bom este é um artigo introdutório para aqueles que buscam uma ideia inicial de informações necessário para uma instalação sem erros e surpresas. Espero ter ajudado com essas informações e que apesar de serem básicas são bastante uteis para quem quer começar.

Obrigado e até um próximo artigo.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?