Instalando o SQL Server 2005 – Parte 2

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (2)

Veja neste artigo o que é instância e as suas propriedades.

Aprenda quais procedimentos executar na hora de instalar uma instância do SQL Server 2005 em um servidor com SQL Server já instalado.

Herleson Paiva Pontes

No artigo anterior apresentamos uma visão geral das edições do SQL Server 2005, seus requisitos de infra-estrutura necessários para a sua instalação e que edição escolher, baseado nas necessidades do ambiente.

Dando continuidade a série de artigos sobre a instalação do SQL Server 2005, neste artigo definiremos o que é instância e as suas propriedades. Depois, trataremos então de todas as considerações a respeito da instalação do SQL Server 2005 em servidores com versões anteriores do SQL Server instaladas e as dicas a cerca de compatibilidade dos bancos de dados.

Instâncias Padrão e Instância Nomeada

Instância é uma cópia do SQL Server instalada em um servidor. Toda vez que você instala o SQL Server em um servidor, você estará instalando uma instância dele.

Quando você está instalando o SQL Server, o assistente permite você definir a instalação corrente como a Instância Padrão ou como uma Instância Nomeada. Uma Instância Nomeada significa apenas que você definirá um nome para esta cópia que está sendo instalada. Isso faz com que o acesso a esta instalação seja feito através do nome do servidor e do nome da instância (Ex: SERVIDOR\NOMEDAINSTANCIA).  Uma Instância Padrão é uma copia sem nome, e que o seu acesso é feito apenas informando o nome do servidor onde ele está instalado. Portanto, você só poderá ter uma Instância Padrão por máquina, mas poderá ter várias Instâncias Nomeadas.

No assistente de instalação, o SQL Server detecta as instâncias já existentes no servidor e as lista no botão “Installed Instances”. Caso você queira instalar uma instância padrão, marque a opção “Default Instance”. Caso queria criar uma Instância Nomeada, marque a opção “Named Instance” e escreva o nome da nova instância. Confira na Figura 1 o momento da instalação onde você configura as instâncias.

 

15-08pic01.JPG

Figura 1. Instalando uma instância.

 

Um detalhe a ser observado: ao instalar o SQL Server 2005 Express Edition, é criado automaticamente a Instância Nomeada SQLEXPRESS.

Instâncias Múltiplas

Instâncias Múltiplas é o nome dado a situação onde você possui várias instâncias instaladas em uma única máquina. Pode ser tanto quando o servidor possui uma Instância Padrão e outras Nomeadas; ou quando você tem somente Instâncias Nomeadas. O SQL Server 2005 suporta a instalação de instâncias múltiplas: tanto de cópias da versão 2005 como em paralelo a versões anteriores do SQL Server.

Usar Instâncias Múltiplas aumenta consideravelmente a manutenção administrativa e ocasiona a duplicação de componentes. Além disso, as instâncias adicionais consumirão mais recursos de processamento e de memória do servidor.

Entretanto, em certas situações, trabalhar com Instâncias Múltiplas possui vantagens frente a trabalhar com uma única instância do SQL Server. Confira alguns casos abaixo:

 

·      Testando várias versões do SQL Server: Quando você quer testar diferentes versões do SQL Server, incluindo edições diferente de uma mesma versão (Testar a Enterprise Edition e a Standard Edition do SQL Server 2005, por exemplo) em uma única máquina, você pode utilizar uma instância para cada versão e assim efetuar os testes desejados.

 

·      Testando Services Packs e Upgrades de Aplicativos: Com a finalidade de evitar problemas de compatibilidade e disponibilidade do banco de dados em atualizações do SQL e/ou da Aplicação, recomenda-se usar uma instância somente para testes, em paralelo com a que já funciona.

 

·      Clientes diferentes desejam ter controle completo do SQL Server: Existem casos em que um servidor atende vários clientes, e os mesmos exigem privacidade e privilégios administrativos no SQL Server (criação de usuários e jobs próprios, por exemplo). Nessas situações, o uso de Instâncias Múltiplas garante a independência e autonomia entre as instalações dos clientes.

 

·         A aplicação vem com o banco de dados embutido: Para evitar problemas entre outros programas instalados no servidor que usam bancos de dados, algumas aplicações instalam instâncias próprias e independentes do SQL Server, garantindo assim a sua autonomia e configuração de acordo com as necessidades.

 

Trabalhando com versões anteriores do SQL Server

Quando você está trabalhando com versões anteriores do SQL Server em um servidor, você pode tanto atualizar o SQL instalado para a versão 2005, como pode usar o SQL Server 2005 lado a lado com a instalação existente. O primeiro tipo de instalação é chamada de In-Place e o segundo tipo de Side-by-Side.

A instalação In-Place sobrescreve os arquivos de programas das versões anteriores do SQL Server, mas mantém os bancos de dados criados pelos usuários, não havendo a necessidade de mover ou recuperar os bancos de dados existentes. Entretanto, recomenda-se que você realize um backup de todos os objetos dos existentes, por questões de segurança.

A instalação Side-by-Side trabalha com o sistema de Instâncias Múltiplas, onde você mantém a instalação já existente e adiciona uma nova instância da versão 2005. Como mostrado no item anterior, uma instalação Side-by-Side permite um processo de migração menos traumático e com a possibilidade de testes, sem alterar no sistema que já está em funcionamento.

É possível efetuar as instalações In-Place e Side-by-Side do SQL Server 2005 em máquinas que possuem o SQL Server 7.0 e SQL Server 2000. Versões mais antigas devem ser antes atualizadas para essas versões e depois atualizadas para o 2005.

Caso exista a necessidade de manter a compatibilidade dos bancos de dados com aplicações desenvolvidas em cima de versões anteriores do SQL Server, você pode usar o procedimento sp_dbcmptlevel para definir qual a compatibilidade do banco. Veja na Tabela 1 os valores usados para definir a compatibilidade no procedimento:

 

15-08pic02.JPG
Tabela 1
. Valores do procedimento sp_dbcmptlevel.

 

Uma observação importante: o SQL Server Management Studio (SSMS) e o SQL Management Objects (SMO) não dão suporte aos bancos de dados com a compatibilidade 60 (SQL Server 6.0).

Conclusões

Trabalhar com instâncias pode facilitar o trabalho do DBA na hora de gerenciar um servidor de banco de dados. Além disso, é requisito necessário para determinar que tipo de instalação executar em um servidor com uma versão anterior do SQL Server instalado.

Você pode encontrar mais informações sobre instâncias e compatibilidade do SQL Server 2005 no endereço: http://www.microsoft.com/brasil/sql/. No próximo artigo, simularemos todos os passos da instalação de uma instância do SQL Server 2005 em uma nova máquina, como sua alteração e remoção de um servidor. Até lá.

 

Leia a primeira parte deste artigo em:
http://www.devmedia.com.br/articles/visualizacomponente2.asp?comp=2251

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?