Instalando o SQL Server 2005 – Parte 3

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (8)  (1)

Veja neste artigo todas as etapas de uma instalação do SQL Server 2005 e que decisões você deve tomar em cada um desses passos, a fim de realizar uma instalação eficiente e tranqüila.

Aprenda todos os passos que ocorrem durante a instalação de uma instância do SQL Server 2005.

No artigo anterior apresentamos os conceitos de Instâncias Padrão e Nomeada, como trabalhar com Instâncias Múltiplas e como gerenciar a compatibilidade de um banco de dados de versões anteriores do SQL Server.

Neste ultimo artigo da série, descreveremos todas as etapas de uma instalação do SQL Server 2005 e que decisões você deve tomar em cada um desses passos, a fim de realizar uma instalação eficiente e tranqüila. Para nosso exemplo, vamos instalar o SQL Server 2005 Standard Edition no Windows Server 2003.

Instalação dos Pré-requisitos

Na primeira etapa da instalação, o SQL Server 2005 verifica todos os componentes já instalados e exibe a janela de Instalação dos Pré-requisitos, como mostra a Figura 1:

 

26-10pic01.JPG 

Figura 1. Janela de Instalação dos Pré-requisitos.

 

Este componente de atualização garante o ambiente exigido pelo instalador do SQL Server 2005. Os componentes que podem ser instalados são o Windows Installer, .NET Framework 2.0, Microsoft SQL Native Client (Cliente Nativo SQL) e o Microsoft SQL Server 2005 Setup Support Files (Arquivos de Instalação). Efetue a instalação destes componentes e clique em Next. Uma observação importante: caso você cancele a instalação o SQL Server, os componentes instalados pela ferramenta de atualização (exceto o Setup Files) não são removidos.

System Configuration Checker (SCC)

Instalados os Pré-requisitos, inicia-se a instalação do SQL Server, apresentando a janela de boas vindas. Clique em Next para iniciar o System Configuration Checker (SCC), como mostra a Figura 2:

 

26-10pic02.JPG 

Figura 2. Janela do System Configuration Check.

 

Esta ferramenta verifica várias características do sistema e compara as configurações detectadas com os requisitos solicitados para uma instalação bem sucedida do SQL Server. Caso o SCC detecte alguma incompatibilidade, o mesmo apresenta detalhes sobre este problema e soluções para resolvê-lo.

As verificações do SCC são divididas em 5 categorias:

 

·         Configuração do Sistema: Nesta categoria, o SCC verifica informações triviais, como versão do sistema operacional, Service Packs instalados e Requisitos de Hardware. No primeiro artigo da série, você confere todos esses requisitos.

 

·         Disponibilidade do Sistema: Neste grupo, o verificador confere se não há nenhuma pendência de reinicialização ou de outra instalação ocorrendo no mesmo instante.

 

·         Configuração de Segurança: Verifica se o usuário que está instalando o SQL Server possui os privilégios administrativos necessários para efetuar a instalação.

 

·         Configuração de Versão: Checa que versões do Internet Explorer, SQL Server e do MSXML estão instalados.

 

·         Configuração de Cluster e Remoto: Para ambientes distribuídos, verifica se o compartilhamento do administrador (admin$) está disponível no computador remoto ou no nó do cluster.

 

Após verificar todos os itens, o SCC exibe um relatório com todos os detalhes dos itens verificados, as incompatibilidades encontradas e que soluções tomar para resolver o problema. Ele também exibe, em alguns casos, alertas sobre alguns itens que não impedirão a instalação do SQL Server, mas que podem trazer problemas futuros, como a Configuração do Hardware e as Atualizações de Segurança. Este relatório pode ser salvo.

Uma vez o System Configuration Checker ter sido executado e o resultado final ter sido Success, clique em Next para abrir a janela de Informações do Registro.

Informações do Registro

Nesta janela são inseridos os dados de personalização da instalação. Preencha os campos Name, Company e insira o Serial Number do produto, como solicitados pelo registro (Observe a Figura 3).

 

26-10pic03.JPG 

Figura 3. Janela de Informações do Registro.

 

Uma vez preenchido os dados solicitados, clique em Next para escolher os Componentes do SQL Server a serem instalados.

Componentes do SQL Server

Uma das principais janelas da instalação do SQL Server 2005, a janela de Instalação dos Componentes é onde você escolhe que componentes e serviços oferecidos pelo SQL Server você deseja instalar (ou atualizar, caso uma versão anterior esteja instalada). Observe a Figura 4:

 

26-10pic04.JPG 

Figura 4. Janela de Instalação dos Componentes do SQL Server.

 

Para facilitar ao Administrador que está efetuando a instalação, o setup do SQL Server exibe os cinco serviços disponíveis como opções para serem escolhidas. Uma opção marcada significa que todos os arquivos daquele serviço serão instalados na máquina.

A ultima opção, quando marcada, instala os componentes de estação de trabalho, o Books Online (Ajuda) e as ferramentas de desenvolvimento. Esta opção não instala nenhum banco de dados de exemplo (Exemplo: AdventureWorks). Para instalá-lo, acesse a opção de instalação avançada.

Para uma instalação avançada, clique no botão Advanced. É então carregada a janela de seleção avançada, onde você pode navegar em cada um dos seis itens da janela anterior e decidir que características você deseja ou não instalar. Confira esta janela na Figura 5.


26-10pic05.JPG 

Figura 5. Janela de Seleção de Características.

 

No nosso exemplo, vamos instalar todos os serviços oferecidos, e também vamos instalar os bancos de dados de exemplo para estudo. Confirmada estas opções, clique em Next para acessar a parte de configuração de Instâncias.

 

Nome da Instância

O próximo passo é definir o nome da Instância e, consequentemente, o tipo de instalação a ser executada. Na Figura 6 você pode observar que você pode escolher a opção Default Instance (onde o nome da instância é o nome do servidor) ou Named Instance (Onde o nome da instância é definido por você).


26-10pic06.JPG 

Figura 6. Janela de Instâncias.

 

Caso você queira instalar uma instância padrão, marque a opção Default Instance. Caso queria criar uma Instância Nomeada, marque a opção Named Instance e escreva o nome da nova instância. No assistente de instalação, o SQL Server também detecta as instâncias já existentes no servidor e as lista no botão Installed Instances (Figura 7).

 

26-10pic07.JPG 

Figura 7. Janela de Instâncias Instaladas.

 

Você pode atualizar uma instância já instalada, selecionando-a na lista e clicando em OK (Instalação In-Place). Para instalar uma nova instância (Instalação Side-by-Side), apenas coloque o nome da nova instância na janela anterior.

Depois de decidido o nome da instância (no nosso exemplo, usaremos a Default Instance), avance na instalação clicando em Next.

Componentes Existentes

Esta janela é opcional. Caso um dos componentes a ser instalados já estiver instalado, o assistente oferece a chance de você atualizar este componente ou de manter a versão atual intacta. Veja na Figura 8 um exemplo.

 

26-10pic08.JPG 

Figura 8. Janela de Componentes Existentes.

 

Marcando a opção você está dizendo ao setup do SQL Server para atualizar este componente. Desmarcando a opção, o componente não será alterado. Caso queira ver mais detalhes, clique no botão Details.

Contas dos Serviços

Assim como em versões anteriores do SQL Server, nesta etapa você deve associar contas de usuários aos serviços do SQL Server (Figura 9). Basicamente, você tem duas opções: associar uma conta a todos os serviços que estão sendo instalados, ou associar contas diferentes para cada serviço (Marcando a opção Customize for each service account). É função do Administrador de Banco de Dados definir a política de usuários que terão acesso ao SQL Server, principalmente quando o servidor será inserido no contexto de um domínio.

 

26-10pic09.JPG 

Figura 9. Janela de Contas dos Serviços.

 

Além disso, na mesma janela, você pode definir quais serviços serão inicializados quando a instalação do SQL Server for finalizada.

Para o nosso exemplo, escolheremos a conta Network Service e iniciaremos todos os serviços instalados. Clique em Next para escolher o Modo de Autenticação a ser usado.

Modo de Autenticação

Na tela de Modo de Autenticação, você decidirá que método usar para autenticar conexões ao SQL Server 2005. São duas as opções disponíveis:

 

·         Windows Authentication: Esta opção de autenticação só aceita conexões de usuários que já tenham sido validados pelo Windows. É o modo de autenticação padrão e o recomendado, por oferecer os mais altos níveis de segurança.

 

·         Mixed Mode: Este modo de autenticação suporta tanto autenticações via Windows ou através de usuário e senha criados no SQL Server 2005. Recomenda-se o uso deste modo de autenticação quando a rede possui aplicações que não utilizam as contas de usuários do Windows (Sistemas Legado). É essencial a criação de senhas fortes, principalmente para o usuário sa.

 

Observe a tela de escolha do Modo de Autenticação na Figura 10:

 

26-10pic10.JPG 

Figura 10. Janela do Modo de Autenticação.

 

Diferente da versão 2000, o setup do SQL Server não aceita a senha do sa em branco. Neste exemplo, escolhemos o Mixed Mode e definimos uma senha com letras, números e caracteres especiais. Lembre-se de que a escolha do Modo de Autenticação é essencial na definição das regras de seguranças a serem aplicadas no ambiente. Clique em Next.

 

Configurações de Intercalação

A próxima tela é a de definir qual vai ser a regra de armazenamento de caracteres Não Unicode e como ordenar e comparar dados Unicode e Não Unicode. É a configuração de Intercalação. Basicamente, o assistente de instalação já determina esta propriedade, baseado nas propriedades do Windows instalado. Somente altere esta propriedade em duas situações:

 

·         Linguagem do SQL Server diferente: Caso você esteja instalando o SQL Server para receber bancos de dados de outro idioma diferente do configurado no Windows;

 

·         Participação de Replicação: Caso o servidor que você está preparando faça parte de uma replicação e o idioma do banco de dados a ser replicado é diferente do idioma padrão.

 

No nosso exemplo, deixaremos as opções já trazidas pelo setup. Clique em Next.

 

Instalação do Serviço de Relatórios

Caso você tenha escolhido instalar o Report Services, esta janela aparecerá para que você decida se o instalador do SQL Server irá instalar e configurar automaticamente o serviço ou não (Figura 11). Clicando no botão Details, você poderá conferir todas as propriedades da configuração automática, além de já disponibilizar o serviço logo após a instalação.

 

26-10pic11.JPG 

Figura 11. Janela das opções do Report Server.

 

Somente escolha a opção Install but do not configure the server se você for configurá-lo manualmente, para atender as necessidades específicas do ambiente. No nosso caso, deixaremos que o próprio setup defina as propriedades padrões do serviço. Depois disso, clique em Next.

Finalizando a Instalação

Uma vez que todas as propriedades desejadas foram configuradas, são mostradas as ultimas telas da instalação. Primeiro, o assistente pergunta se você deseja enviar relatórios de erros e de estatísticas de uso para a Microsoft. Marque as duas opções caso deseje e clique em Next. Então o assistente de instalação exibirá um resumo do que será instalado, como mostra a Figura 12:

 

26-10pic12.JPG 

Figura 12. Janela Ready to Install (Pronto para instalar).

 

Clique em Install. A partir deste instante, o resto é por conta do instalador, que vai exibindo o progresso da instalação de cada componente, como mostra a Figura 13:

 

26-10pic13.JPG 

Figura 13. Janela Setup Progress (Progresso da Instalação).

 

Por fim, após todos os componentes instalados e com a mensagem Setup finished em cada um dos itens, clique em Next e a instalação estará concluída. A ultima tela exibe um link para o Log da instalação, para o Surface Configuration Area e algumas informações sobre os serviços instalados. Clique em Finish para encerrar o assistente do SQL Server 2005.

Conclusões

O setup do SQL Server 2005 ajuda não somente a instalar o produto, mas a entender os passos e resolver problemas que acontecem ao longo da instalação. Ferramentas como o System Configuration Checker verificam se o servidor está pronto para uma instalação bem sucedida. Também vimos como efetuar a instalação de instâncias e como associar contas de usuários aos serviços do SQL Server.

Você pode encontrar mais informações sobre as etapas de instalação do SQL Server 2005 no endereço: http://www.microsoft.com/brasil/sql/.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?