Introdução à ferramenta Controlle - Revista Engenharia de Software Magazine 51

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (1)

Este artigo apresenta a ferramenta Controlle como uma alternativa para a implementação do processo Gerência de Requisitos (GRE) no nível G do MPS.BR.


De que se trata o artigo:

O objetivo do processo Gerência de Requisitos é gerenciar os requisitos do produto e dos componentes do produto do projeto e identificar inconsistências entre os requisitos, os planos do projeto e os produtos de trabalho do projeto. Neste contexto, este artigo apresenta a ferramenta Controlle como uma alternativa para a implementação do processo Gerência de Requisitos (GRE) no nível G do MPS.BR.

Em que situação o tema útil:

A implementação de melhoria de processo de desenvolvimento de software não é uma atividade trivial, especialmente quando se trata dos resultados de Desenvolvimento e Gerência de Requisitos. A seleção e adoção de ferramental que apoie a execução de boas práticas reconhecidas na indústria de desenvolvimento de software fomenta o crescimento de empresas de software a partir da gestão mais efetiva das iniciativas de melhoria da qualidade dos seus processos e consequentemente de seus produtos.

Resumo DevMan:

Este artigo apresenta a ferramenta Controlle e sua avaliação no sentido de verificar se ela apoia satisfatoriamente os resultados esperados do processo Gerência de Requisitos no nível G do MPS.BR. Controlle é um software 100% web que tem como objetivo apoiar a implementação das práticas dos processos de Gerência e Desenvolvimento de requisitos de software permitindo identificar, documentar, organizar e rastrear os requisitos e artefatos produzidos durante o desenvolvimento de um projeto de TI, proporcionando um menor esforço e maior eficiência a toda equipe do projeto.

De acordo com os níveis de maturidade estabelecidos em modelos de referência de processos reconhecidos como o MR-MPS e o CMMI-DEV, a Gerência de Requisitos (GRE) é um processo que deve ser implementado desde o início de um programa de melhoria de processos. Isto ressalta a relevância deste processo para a qualidade de software (ler Notas 1 e 2).

O objetivo do processo Gerência de Requisitos é gerenciar os requisitos do produto e dos componentes do produto do projeto e identificar inconsistências entre os requisitos, os planos do projeto e os produtos de trabalho do projeto.

Nota 1. Modelo de Referência

Um modelo de referência define um conjunto de processos em termos de propósitos e resultados esperados. Além disso, define também como estes processos estão relacionados.

Nota 2. Engenharia de Requisitos

A engenharia de requisitos considera as atividades que contribuem para a produção de um documento de requisitos e também sua manutenção ao longo do tempo. Para isso, ela define atividades como: identificação, análise e negociação, especificação e documentação, e validação de requisitos. Em complemento, também é considerada a questão do gerenciamento dos requisitos.

Um estudo sobre a continuidade da execução dos processos de software em empresas avaliadas no MR-MPS destaca que empresas enfrentam dificuldades em manter a rastreabilidade bidirecional entre requisitos e produtos de trabalho. Neste mesmo estudo, outro fator discutido sobre o processo GRE foi que tal dificuldade pode estar associada à pouca disponibilidade de ferramentas automatizadas para garantir a rastreabilidade bidirecional de modo efetivo [1]. O resultado de outra pesquisa corrobora com a discussão de que para a melhoria de processo de software ser efetiva é preciso contar com ferramentas que apóiem as atividades previstas nos processos [3].

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?